Cotidiano

Bebê de 4 meses é encontrada sem vida pelos pais

A causa da morte da criança é um mistério. "Thamires sempre foi uma bebê alegre e saudável", disse o pai

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Bebê de 4 meses é encontrada sem vida pelos pais
fonte: Arquivo pessoal/ Reprodução

A morte de uma bebê, de apenas quatro meses, é um mistério para os pais dela, pois eles a encontraram sem batimentos cardíacos e com sangue na boca no momento em que seria amamentada, na madrugada da última sexta-feira (28), em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul

continua após publicidade

De acordo com o pai da pequena, Ronaldo dos Santos, a mãe foi até a criança, identificada como Thamires Vitória Silva dos Santos, para amamentá-la, por volta das 3h. 

“A minha filha acordava durante a madrugada para mamar, mas naquela noite isso não aconteceu, ela não chorou. Thamires sempre foi uma bebê alegre e saudável, ninguém sabe o que aconteceu”, relatou.

continua após publicidade

Então, eles tentaram reanimar Thamires e chamaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A bebê foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, no local, foi constatada a morte da pequena. 

Nenhum exame adequado foi feito para identificar a causa da morte de Thamires. 

Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil (PC) afim de elucidar o que ocasionou a morte da criança. De acordo com o Serviço de Verificação de Óbito (SVO), que examinou o corpo da vítima, não foram identificados sinais de violência.

continua após publicidade

“O pai alega que o SVO não tinha equipamentos necessários para identificar o que de fato aconteceu, por isso estamos solicitando um laudo com as causas da morte. Esse é um caso delicado e com muitas dúvidas, a polícia vai encaminhar um ofício para o Judiciário pedindo a exumação do cadáver, só assim poderemos saber o que de fato aconteceu. Para isso a família da criança também precisa autorizar”, disse Orlando Vicente, titular da 3ª delegacia de PC de Três Lagoas. 

Em nota, a Prefeitura de Três Lagoas informou que aguarda os laudos periciais que indicarão a causa da morte da bebê e que providências serão tomadas após o resultado.

Veja a íntegra da nota da prefeitura:

continua após publicidade

"Salientamos a nossa solidariedade e pesar por essa partida precoce. Desde que foi informada, a Secretaria Municipal de Saúde também busca que o caso seja apurado o mais rápido possível.

Neste momento, estamos aguardando os laudos periciais que indicarão a causa da morte. Somente após isso poderemos tomar qualquer providência. Salientamos o nosso empenho para que isso seja apurado com urgência.

Quaisquer outras informações que tivermos, vamos nos pronunciar com a mais profunda clareza, pois o trabalho de toda a equipe da Secretaria de Saúde é para o bem-estar e preservação da vida. Reforçamos nossa solidariedade à família."

Com informações do g1.