MAIS LIDAS
VER TODOS

Cotidiano

Banco Mundial defende ampliação de investimento em transição verde, sobretudo no sul global

O presidente do Banco Mundial, Ajay Banga, defendeu nesta segunda-feira, 5, que os países precisam ampliar investimentos em transição verde. Banga argumentou que os investimentos devem ter foco principalmente no "sul global", destacando pequenos países da

Laís Adriana (via Agência Estado)

·
Escrito por Laís Adriana (via Agência Estado)
Publicado em 05.02.2024, 14:07:00 Editado em 05.02.2024, 14:10:22
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O presidente do Banco Mundial, Ajay Banga, defendeu nesta segunda-feira, 5, que os países precisam ampliar investimentos em transição verde. Banga argumentou que os investimentos devem ter foco principalmente no "sul global", destacando pequenos países da África, além da América Latina e Caribe em geral.

continua após publicidade

"Na América Latina e no Caribe, devemos primeiro aumentar o financiamento para a Amazônia e depois focar na mitigação de eventos climáticos no Caribe", afirmou a autoridade, acrescentando que é necessário simultaneamente ampliar a educação sobre a crise climática na região.

Em evento no Centro para Desenvolvimento Global, ele falou sobre fluxos de investimento privado e perspectivas da instituição sobre o setor em 2024.

continua após publicidade

Banga comentou ainda que não vê como separar investimentos focados em mitigar a crise climática de ações para prevenir novas pandemias.

Ele também alertou que o Banco Mundial não pode apenas focar em investir em "desenvolvimento seguro" e que é necessário tomar alguns riscos, mas lembra que, para isso, será necessário mais capital dos acionistas para lidar com perdas potenciais.

Questionado sobre possíveis iniciativas para aliviar a dívida de países apoiados pelo Banco Mundial, Banga respondeu que o Banco Mundial não deve perdoar dívidas, mas controlar transparência e níveis de solvência para orientar os países, ao lado de outras instituições - como o Fundo Monetário Internacional (FMI) - e de cada governo. "Pedimos também que países se comprometam com maior transparência da dívida pública", disse.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Banco Mundial defende ampliação de investimento em transição verde, sobretudo no sul global"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!