Cotidiano

Avó é presa por permitir estupro da neta em troca de comida

A idosa permitia que a própria neta, de 11 anos, fosse abusada

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Avó é presa por permitir estupro da neta em troca de comida
fonte: Divulgação/Polícia Civil
Avó é presa por permitir estupro da neta em troca de comida

A Polícia Civil (PC) prendeu uma idosa, de 78 anos, por permitir que a neta dela, de 11, fosse estuprada em troca de comida. O prisão aconteceu nesta quarta-feira (15). Além da idosa, dois homens também foram presos suspeitos de cometerem o crime. Conforme as informações da PC, o crime ocorreu em 2012, em Normandia, Roraima

continua após publicidade

A vítima precisou morar com a avó em uma comunidade indígena pois havia sido abandonada pela mãe. Na época do crime, o caso chegou à delegacia após uma denúncia do Conselho Tutelar.

As investigações apontaram que um agricultor, de 78 anos, praticou o crime por diversas vezes e "aliciava a menina com o consentimento da avó". Além dele, o tio da menina, de 27, também praticava os abusos com a permissão da avó, aponta a denúncia do Ministério Público.

continua após publicidade

O delegado titular de Normandia, Rodrigo Gomides, explicou que testemunhas relataram que em um dos estupros, a menina foi arrastada pelo tio até as margens de um igarapé e ele ficou sem a roupa, enquanto a criança gritava por socorro.

“A testemunha chamou a avó da menina, mas a mulher ao ver a cena teria dito ‘deixa, isto é sangue de preto mesmo’, permitindo que o fato se consumasse”, detalhou o delegado.

Os mandados de prisão com as sentenças condenatórias dos envolvidos foram expedidos nesta terça-feira (14) e cumpridos na manhã desta quarta.

continua após publicidade

A avó da criança, o agricultor e o tio foram encaminhados para Delegacia de Normandia onde aguardam para serem encaminhados à Audiência de Custódia em Boa Vista.

 

Avó é presa por permitir estupro da neta em troca de comida fonte: Divulgação/Polícia Civil

Com informações; G1.

Tags relacionadas: #estupro #Roraima