Cotidiano

Asfalto cede e carro com família cai dentro de cratera

Apesar do susto, os cinco ocupantes do veículo estão bem e sem ferimentos

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Asfalto cede e carro com família cai dentro de cratera
fonte: Reprodução

Na tarde desta quarta-feira (8), um carro caiu dentro de uma cratera que se abriu no Centro de Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte.

continua após publicidade

À bordo estava uma família, que apesar do susto, não ficou ferida. 

Segundo o motorista, Geraldo Afonso, de 68 anos, a família estava chegando em casa, quando o asfalto cedeu. "Acionei o botão para abrir a garagem, diminuí a velocidade e enquanto esperava abrir a porta, o carro desceu de uma vez", diz.

continua após publicidade

 "Éramos cinco lá dentro, graças a Deus não machucamos, foi só o susto. De repente, deu a pancada e minhas filhas começaram a gritar. A gente achou que estava sendo tragado pelo asfalto", lembra Geraldo, que precisou sair por outra porta, já que o seu lado estava quase todo dentro da cratera.

Ele afirma que a rua já teve outras crateras. "Outros trechos dessa mesma rua já abriram, fizeram um serviço paliativo, nada que dure muito tempo. Mas essa é a primeira vez que abre uma grande assim, as outras eram menores."

Geraldo entrou em contato com a Defesa Civil de Contagem e com a Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (Transcon), porém, ainda não tinha sido atendido. "Fui na Defesa Civil e falaram que não é com eles. Estou tentando contato com a Transcon e até agora não consegui. Acionei o meu seguro, mas o reboque não consegue tirar, só içando o carro. Agora, estou aguardando um novo contato deles", diz.

continua após publicidade

 

Asfalto cede e carro com família cai dentro de cratera fonte: Reprodução


 "A cratera já cedeu um pouco depois que o carro caiu, mas parou. Está dando para ver que está oco. Se passar outro veículo, vai acabar de descer. Precisam tomar providência rápido, ainda mais com essa chuva."

continua após publicidade

 A rua é sem saída e, por isso, as crianças moradoras aproveitam para brincar, o que pode ser arriscado com o chão cedendo diversas vezes. "Tem bastante criança por aqui. É uma rua sem saída, então não tem muito trânsito de outros veículos, só dos moradores. Mas tem muita criança que aproveita para brincar." 

 A reportagem do jornal Estado de Minas entrou em contato com a Transcon e foi informada de que o atendimento foi feito às 17h e uma equipe da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) também foi ao local para ver se o reparo da cratera é de responsabilidade da empresa. Ainda segundo a Copasa, a retirada do veículo deve ser feita com um guindaste.

Informações do Jornal Estado de Minas