Cotidiano

Após suspeita de vazamento, USP anula concurso para o hospital universitário

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

A Universidade de São Paulo (USP) anulou nesta sexta-feira, 22, um concurso público para seleção de técnicos de enfermagem para o Hospital Universitário (HU) A instituição disse ter sido informada de um possível vazamento de gabarito da prova. Apesar de não ter confirmado isso, a USP constatou uma falha na segurança do sigilo dos dados e também um conflito de interesse relativo a um funcionário que é parente de dois candidatos do exame.

continua após publicidade

Em nota, a instituição disse que a Superintendência do hospital acatou a recomendação emitida pela Comissão de Apuração Interna para anulação da prova. Uma nova banca deverá ser elaborada "por membros externos ao HU, os quais devem formalizar a ausência de potenciais conflitos de interesses e o entendimento quanto às medidas de segurança e sigilo de dados durante o processo".

A nova prova relativa ao edital nº 47/2022 ainda não tem data para ocorrer. "A Superintendência do HU está em tratativas com a FUVEST para aplicação de uma nova prova a ser elaborada por equipe externa ao Hospital Universitário, sob coordenação direta da FUVEST, cuja realização será divulgada em data oportuna", declarou.

continua após publicidade

De acordo com reportagem publicada pelo Portal G1, duas candidatas são suspeitas de terem sido ajudadas pela tia, funcionária do HU, e que teria, conforme a nota da USP, atuado no processo de conferência do gabarito do concurso. As participantes realizaram a prova e ficaram nas primeiras colocações.

O exame aconteceu no dia 12 de junho e o resultado saiu no dia 28 do mesmo mês. No mesmo dia que a classificação do concurso foi divulgada, a universidade foi informada sobre um possível vazamento das respostas da prova.

Ao G1, as envolvidas negaram as acusações. A funcionária do HU afirma que não fez parte do processo seletivo e que as pessoas que a acusam devem apresentar provas que confirmem o seu envolvimento com o concurso e com o possível vazamento de respostas.