Após frente fria, morrem dois moradores de rua de SP - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Cotidiano

Após frente fria, morrem dois moradores de rua de SP

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Após frio recorde na capital paulista, duas pessoas em situação de rua foram encontradas mortas neste sábado, 22, no centro de São Paulo. A temperatura chegou a 8,1ºC na noite de sexta-feira, 21, a menor temperatura registrada na cidade este ano. A causa dos óbitos ainda será investigada pela Polícia Civil. A previsão é de que as temperaturas continuem baixas no domingo.

Uma das vítimas, uma mulher, foi encontrada pela Guarda-Civil Metropolitana na Praça da Sé, após chamado de um munícipe. E um homem de 39 anos foi achado nas imediações da Rua 25 de Março. As identidades não foram divulgadas As duas ocorrências foram registradas como mortes suspeitas no 1.º Distrito Policial (Sé). Em nota, a Prefeitura lamentou os óbitos.

Segundo o padre Julio Lancellotti, da Pastoral Povo da Rua, outras três pessoas em situação de rua morreram na cidade desde a quinta-feira. A gestão Bruno Covas (PSDB) destacou ter acolhido 150 pessoas em situação de rua na madrugada, além de ter distribuído 182 cobertores. Indagada pela reportagem sobre as outras mortes citadas por Lancellotti, a administração municipal não comentou.

O plano de contingência para situação de baixas temperaturas foi iniciado em 6 de maio. Na sexta, Covas afirmou que equipes noturnas convidam moradores de rua para ir a abrigos públicos quando as temperaturas caem abaixo dos 13º C.

Mas há, segundo a Prefeitura, uma sobra de vagas: 10 mil pessoas já foram abrigadas desde maio em período noturno e 800 recusaram. Ao todo, são mais de 24 mil vagas ofertadas pelo Município. Na pandemia, um desafio extra é evitar as aglomerações, que facilitam a disseminação do novo coronavírus.

Entre 2015 e o ano passado, a quantidade de moradores de rua em São Paulo aumentou 60%, segundo censo realizado pela Prefeitura. Liderança ligadas à população de rua acreditam que esse número seja ainda mais elevado.

Noite gelada

Conforme o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), da Prefeitura, a sensação térmica chegou a 5ºC na noite de sexta. A previsão é de temperaturas baixas em todo o Estado durante o fim de semana. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), há possibilidades de geada nas áreas de divisa com Paraná e Mato Grosso do Sul. Ainda conforme o órgão, a semana deve continuar com noites de frio intenso, mas a tendência é de aumento das temperaturas durante o dia. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Após frente fria, morrem dois moradores de rua de SP"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Todos os candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.