Cotidiano

Após desaparecer de Utah, peça misteriosa de metal surge na Romênia

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Após desaparecer de Utah, peça misteriosa de metal surge na Romênia
fonte: Jurnal FM/YouTube/Reprodução
Após desaparecer de Utah, peça misteriosa de metal surge na Romênia

Na semana seguinte ao aparecimento e desaparecimento de um misterioso monólito no deserto do estado americano de Utah, nesta segunda-feira (30) viralizou mundialmente as imagens de uma estrutura semelhante fotografada na Romênia.

continua após publicidade

 Monólito misterioso que estava no estado de Utah. fonte: Departamento de Segurança Pública de Utah/BBC
Monólito misterioso que estava no estado de Utah.

 Monólito misterioso que estava no estado de Utah.

Na internet, várias pessoas compartilharam as fotos e zombaram sobre de onde a peça misteriosa poderia ter vindo, mencionando ser uma ação alienígena. 

continua após publicidade

Monólito é um estruturas constituídas por apenas uma pedra gigante, embora essas aparentem ser de metal.

Na Romênia, o objeto metálico tem cerca de 4 metros de altura e três lados, localizado nas proximidades de um monumento histórico da Fortaleza de Petrodava. A estrutura surgiu, inexplicavelmente, em frente ao Monte Ceahlau, um ponto turístico do país e considerado uma montanha sagrado para alguns. 

Até o momento, as autoridades do país não sabem quem é o responsável pela construção do misterioso monólito. 

continua após publicidade

De acordo com Rocsana Josanu, porta-voz do Neamt Culture and Heritage, centro que preserva da cultura da região, a estrutura será examinada. 

“É uma propriedade privada, mas ainda não sabemos quem é o dono do monólito. Está em uma área protegida em um sítio arqueológico", acrescentou Josanu.

Ainda sem mencionar a possibilidade de remover o monólito, ela explicou que sua construção foi ilegal.

continua após publicidade

"Antes de instalar algo na área, era preciso pedir uma autorização da nossa instituição, que deve então ser aprovada pelo Ministério da Cultura".

Com informações; CNN.