Cotidiano

Após decreto do Governador, Pará restringe entrada de pessoas vindas do Amazonas

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Após decreto do Governador, Pará restringe entrada de pessoas vindas do Amazonas
fonte: (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Após decreto do Governador, Pará restringe entrada de pessoas vindas do Amazonas

O Pará restringiu a entrada de pessoas vindas do Amazonas, tanto por via terrestre, quanto em embarcações. O novo decreto publicado pelo governador paraense, Helder Barbalho, do MDB, ampliou as restrições, pois já estava proibida a entrada de pessoas vindas do Amazonas pelas hidrovias. Agora, as vias terrestres também estão restritas.

continua após publicidade

Apenas poderão ingressar no estado veículos e embarcações com cargas ou passageiros que comprovem que estão se deslocando para realizar alguma atividade considerada essencial. Quem descumprir a norma pode ter que pagar multa de 10 mil reais e ter o veículo ou barco apreendido.

A medida quer restringir o acesso, principalmente, pela Transamazônica, que liga o Pará ao Amazonas. Segundo o governador Helder Barbalho, a medida é necessária por causa do aumento considerável de casos do novo coronavírus no estado amazonense.

continua após publicidade

O governo do Pará ainda solicitou informações a Infraero e a Anac, a Agência Nacional de Aviação Civil, sobre quais medidas estão sendo adotadas para prevenir a entrada do vírus nos aeroportos, já que o controle das fronteiras aéreas é uma obrigação da União.

O governador do Pará, Helder Barbalho, disse ainda que pediu um reforço da vigilância sanitária para verificar a temperatura e possíveis sintomas dos passageiros que chegam de avião.

Fonte: Agência Brasil. 

Tags relacionadas: #COVID-19 #pará