Adiamento das Olimpíadas 2020 e o impacto na preparação dos atletas - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Cotidiano

Adiamento das Olimpíadas 2020 e o impacto na preparação dos atletas

Foto por
Escrito por Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio - Japão 2020, no dia 24 de março, definiu-se o que todos já apontavam como o mais correto e provável cenário. O motivo é a pandemia mundial do Coronavírus. Toda a espera para tal decisão, aconteceu por motivos que vão além do contexto esportivo, como questões políticas, que arremetem a seleção de uma sede olímpica, bem como todo o investimento realizado no local sede.

O COB (Comitê Olímpico do Brasil), ainda espera que novas datas sejam definidas para começar a redefinir o planejamento de olho no evento. A pandemia do Covid-19, tem impedido atletas de todo o mundo de treinar com normalidade. Mas a principal preocupação do COB, neste momento, é com a parte psicológica dos esportistas brasileiros.

Foi disponibilizada aos atletas uma cartilha com dicas para controlar o estresse e a ansiedade, feita pela Organização Mundial da Saúde. Uma das principais recomendações do órgão é limitar a quantidade de notícias diárias consumidas. Entre os conselhos enumerados no documento estão o estabelecimento de uma nova rotina, buscar informações médicas com a equipe do comitê e tentar manter o pensamento positivo diante da situação extraordinária.

Ao mesmo tempo que o isolamento durante a pandemia tem se transformado em um desafio psicológico para os atletas, a notícia do adiamento teve impacto positivo principalmente em quem está se recuperando de lesão, que poderá se preparar melhor.

O desafio agora é mudar completamente o foco. A partir de agora, será preciso reconstruir o trabalho, com o cuidado para não desgastar o competidor e ao mesmo tempo, deixá-lo nas condições ideais para poder render o máximo da forma física em outro prazo, apenas em 2021.

Os próprios esportistas garantem que agora será melhor ter um novo foco. Antes da notícia do adiamento, o quadro de incerteza sobre a realização da Olimpíada prejudicou o rendimento dos atletas nos treinos. Para eles, ter mais um ano de preparação será importante, pois a preparação do atleta para o maior evento esportivo do mundo não se dá em algumas semanas ou meses e sim em anos.  

O adiamento também proporciona aos atletas melhores condições de disputa, pois com a crise do coronavírus muitos estão impossibilitados de treinar.  Torna-se necessário começar do zero, fazer nova programação de treinamento respeitando o limite do corpo e a gradual intensidade. A mudança para 2021 também exige a revisão de contratos com patrocinadores e análises de novas parcerias.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Adiamento das Olimpíadas 2020 e o impacto na preparação dos atletas"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.