Cotidiano

Coronavírus: plataforma atende e orienta mais de 500 pessoas por dia 

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Coronavírus: plataforma atende e orienta mais de 500 pessoas por dia 
Coronavírus: plataforma atende e orienta mais de 500 pessoas por dia 

Desde a chegada da COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus, ao Brasil, as empresas do Grupo RCS (Rede de Cuidados em Saúde) focaram seus esforços para ajudar no combate à disseminação da doença. A exemplo do Projeto de Educação em Saúde, EuSaúde, a equipe lançou o portal NovoCoronavirus.info com informações confiáveis sobre o COVID-19, e a possibilidade de acessar 24 horas por dia, 7 dias por semana, um profissional de saúde para orientações e tirar dúvidas.No início da semana o Conselho Federal de Minas (CFM) liberou a telemedicina no país para auxílio aos doentes e casos suspeitos durante a pandemia de novo coronavírus e a plataforma passou a oferecer mais esse serviço. Por meio da empresa Near Telemedicine, startup do Grupo RCS e acelerada pelo BiotechTown, poderão ser realizadas consultas com médicos online para avaliação, diagnóstico, atestado e prescrição de medicamentos.De acordo com Ricardo Cabral, médico CEO do Grupo RCS, tanto a teleorientação quanto o teleconsulta são importantes recursos para enfrentamento à pandemia do novo coronavírus em todo o mundo. 

continua após publicidade

"O grande problema da pandemia de Covid-19, a exemplo do que temos observado em outros países, é a rápida disseminação do vírus, e a sobrecarga do Sistema de Saúde devido a necessidade de hospitalização, além da tensão sobre as condições de saúde do profissional de saúde. Em um único dia nossos profissionais de saúde receberam e orientaram mais de 500 pessoas que potencialmente deixaram de procurar o serviço de saúde presencialmente. Foram 500 pessoas devidamente orientadas, assistidas e acompanhadas via plataforma online. Além de desafogar o sistema de saúde, preservamos a saúde dos profissionais que podem continuar atendendo em segurança", disse.

O atendimento médico online e a teleorientação, tem muitas vantagens para o Sistema de Saúde, como a economia de recursos, para o mundo corporativo com a economia de gastos com operadoras de saúde e com afastamentos de trabalhadores doentes, além da possibilidade de atendimento até para quem vive em áreas remotas e com poucos recursos. Um outro problema resolvido pela telemedicina são as altas demandas que geram fila de espera por consultas especializadas. Nesse sentido a telemedicina tem facilitado o acesso ao conhecimento médico entre generalistas e especialistas no sentido de levar a locais remotos os atendimentos de demanda represada. Esse processo é conhecido como telematriciamento.

continua após publicidade

Porém, o maior ganho da prática, segundo Ricardo Cabral, é para o paciente que não deixa de ser assistido, tranquilizado e, quando necessário, orientado sobre qual serviço de saúde buscar para o atendimento presencial "Nesse sentido, a telemedicina tem permitido mais que a aproximação entre o médico e o paciente. A plataforma permite a assistência, o cuidado e a serenidade aos seus assistidos em um momento tão instável e delicado para todos", completa.No Brasil, a RCS tem se mostrado à frente de outros serviços de telemedicina e investido em soluções além do atendimento médico. A plataforma novocoronavirus.info, por exemplo, fornece orientações que vão além do cuidado médico e ajudam a população no enfrentamento de outras mazelas relacionadas ao surgimento da pandemia. 

"Já estamos preparando outros materiais de apoio para ajudar os brasileiros a passarem essa fase com mais tranquilidade e serenidade. Além de conteúdos pedagógicos, teremos material de apoio para a realização de atividades físicas em casa e, muito em breve, assistência psicológica gratuita disponível na plataforma", completa.O novocoronavirus.info está disponível gratuitamente para todos e pode ser acesso por todo e qualquer tipo de dispositivo. O serviço de teleorientação e telemedicina da plataforma, no entanto, é disponibilizado em área específica para assinantes. O serviço pode ser contratado por empresas que desejam ofertar o benefício aos seus colaboradores, prefeituras.es