Mais lidas

    Cotidiano

    Cotidiano

    Ex-doméstica se forma em direito e passa no concurso da PM após estudar com livros recolhidos do lixo

    (Foto: Andreia Tavares/Arquivo pessoal)
    Foto por Reprodução
    Escrito por redação
    Publicado em 12.03.2020, 15:31:00 Editado em 12.03.2020, 18:48:30
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A vida da ex-doméstica, agora policial militar Andreia Guimarães Tavares, 32 anos, mudou muito desde sua formação em direito e aprovação do concurso da corporação. O marido, gari José Barros, 37, teve papel fundamental nesta guinada: pegava livros que tinham sido jogados no lixo e levava para a esposa estudar.

    Natural do Pará, o casal chegou na capital goiana em 2003, em busca de uma vida melhor. Andreia via nos estudos a possibilidade de ascensão. Ela resolveu voltar para a escola e conseguiu concluir o ensino médio."Nessa época, meu esposo já tinha entrado na prefeitura como gari. Eu trabalhava como empregada e estudava à noite. Ele sabia que eu gostava muito de ler, de estudar. Aí passou a recolher livros do lixo", conta.

    A maioria dos livros eram obras literárias, que a ajudaram muito na prova do Enem, realizada dois anos após a conclusão do ensino médio, em 2012. "Eu tive uma nota muito boa, principalmente na redação. Eu lia muito e consegui escrever muito bem", conta. Escrevia tão bem que o resultado lhe rendeu uma bolsa de estudos integral para estudar direito.

    Determinada, ela conseguiu passar no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) antes de concluir o curso. Em 2016, prestes a se formar, uma nova oportunidade bateu à sua porta: um concurso para a carreira de oficial da PM.

    Em julho, Andreia espera ser promovida a tenente. Ela quer traçar todo o percurso até o cargo de coronel, o mais alto da patente militar.

    (Do G1)

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Ex-doméstica se forma em direito e passa no concurso da PM após estudar com livros recolhidos do lixo"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.