Cotidiano

Juiz condena responsáveis por ataque racista contra Maju Coutinho

Da Redação ·
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou nesta última segunda-feira (09), dois homens acusados de racismo e injúria racial contra a jornalista Maju Coutinho, contratada da TV Globo.

continua após publicidade

O juiz Eduardo Pereira dos Santos Júnior, da 5ª Vara Criminal da Capital Paulista, entendeu que Erico Monteiro dos Santos e Rogério Wagner Castor Sales utilizaram perfis falsos nas redes sociais para acessar a página da emissora e expressar injúrias contra a apresentadora.

Os condenados foram denunciados pelo Ministério Público, que foi acionado por internautas indignados com os ataques racistas contra a apresentadora.

continua após publicidade

Ao analisar o caso, o magistrado apontou que ficaram configurados os crimes de racismo e injúria racial. "O racismo, no caso, deu-se em sua forma qualificada, eis que as frases de ódio racial e de cor foram publicadas na página virtual do Jornal Nacional da Rede Globo, ou seja, em ambiente de amplo acesso ao público. Está caracterizado também o crime de injúria racial".

Érico foi condenado a seis anos de prisão e Rogério, a cinco. Ambas as penas serão cumpridas no regime semiaberto.