Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Trans abraçada por Dráuzio Varella em reportagem estuprou e matou criança

.

(Foto: Reprodução/TV Globo)
(Foto: Reprodução/TV Globo)

O 'Fantástico' exibiu uma reportagem na Tv Globo, que chamou atenção dos telespectadores no domingo passado (01). Na matéria o doutor Drauzio Varella conversa com transexuais, nos presídios, sobre mulheres trans que cumprem as penas pelos crimes que cometeram em meio a presos homens.

Um dos casos que mais chamou atenção na conversa foi o da transexual Suzy, que não recebe visitas na cadeia há oito anos. Neste último domingo (08), veio à tona o motivo da prisão de Rafael Tadeu de Oliveira dos Santos, nome de batismo de Suzy, a qual foi presa por estuprar e estrangular Fábio dos Santos Lemos, de 9 anos, em maio de 2010. E a crueldade não acaba por ai, após matar a criança, ela deixou o corpo do garoto apodrecer em uma sala.

De acordo com informações de uma tia de Suzy, ela também abusou de uma criança de 3 anos e tentou estuprar o próprio sobrinho de 5. Em outra ocasião, ele estuprou uma criança ao invadir sua casa para roubar.

Após a revelação, a comoção nas redes sociais virou uma verdadeira indignação pelo caso tão brutal e cruel. A causa da prisão da transexual fez com o que seu nome figurasse entre os assuntos mais comentados na internet.

Com toda repercussão, Drauzio Varella, que abraçou presidiária trans, publicou uma nota de esclarecimento em sua rede social onde afirma: “Não perguntei nada sobre os delitos, sou médico e não juiz”. Confira:

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber