Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Fóssil de alga de 1 bilhão de anos pode ser ancestral de todas as plantas

.

Um grupo de paleontólogos da Universidade Estadual da Virgínia, nos Estados Unidos, e da Universidade da Academia Chinesa de Ciências afirma ter descoberto a fonte da vida vegetal na Terra. Em uma rocha encontrada perto da cidade de Dailan, no norte da China, eles descobriram microfósseis de algas verdes de 1 bilhão de anos.

Pela idade, esses fósseis podem estar ligados ao ancestral das primeiras plantas e árvores do planeta, que cresceram há 450 milhões de anos.

As descobertas foram apresentadas na última edição da revista científica Nature Ecology & Evolution. As algas, conhecidas como Proterocladus antiquus, são pouco visíveis a olho nu pois têm 2 milímetros de comprimento, aproximadamente o tamanho de uma pulga.

De acordo com Qing Tang e Shuhai Xiao, líderes da pesquisa, as minúsculas algas viviam em um oceano raso e foram abarrotadas sob uma pilha de sedimentos que preservou suas formas orgânicas em fósseis. Muitos milhões de anos depois, o sedimento foi levado do oceano à terra firme, onde foram recuperados pela equipe.

Segundo Xiao, esses são os fósseis de algas mais antigos a serem encontrados no mundo. "Essas algas marinhas exibem várias ramificações, crescimentos verticais e células especializadas conhecidas como acinetos, que são muito comuns nesse tipo de fóssil", descreve.

(REVISTA GALILEU)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber