Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Mulher tem útero retirado sem consentimento e descobre após 11 anos

.

Foto: Bongekile Msibi/Arquivo Pessoal
Foto: Bongekile Msibi/Arquivo Pessoal

Uma mulher sul-africana foi vítima de uma esterilização forçada depois de dar à luz a sua primeira filha, aos 17 anos de idade. Bongekile Msibi, só descobriu que seu útero havia sido removido 11 anos depois, quando tentou engravidar novamente.

"Tive minha primeira filha aos 17 anos em um hospital público na África do Sul. Acordei depois do parto, olhei para baixo e perguntei: "Por que tenho uma bandagem enorme na barriga?", comenta Bongekile.

A sul-africana, é uma das 48 mulheres vítimas desta situação. De acordo com a Comissão para Igualdade de Gênero, essas mulheres foram esterilizadas sem consentimento em hospitais públicos do país.

Embora seja uma entidade criada por lei, a Comissão diz que sua investigação foi dificultada pelo "desaparecimento" de prontuários de pacientes e que os investigadores tiveram uma "recepção hostil" de funcionários do hospital.

O ministério da Saúde da África do Sul ainda não deu uma resposta detalhada para o relatório, mas disse que o ministro da Saúde, Zweli Mkhize, pediu uma reunião com a Comissão para discutir os casos.

Informações, BBC.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber