Coronavírus coloca Paraná em alerta - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

    Cotidiano

    Foto: Arquivo TN
    Foto por
    Escrito por Cindy Santos
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O Ministério da Saúde confirmou ontem, o primeiro caso do novo coronavírus registrado no Brasil e em toda a América Latina. A notícia deixou o Paraná em alerta. De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, a população deve adotar medidas de prevenção.

    O primeiro brasileiro infectado com o novo coronavírus é um empresário de 61 anos, que mora em São Paulo e esteve na Itália, país com 374 infectados e 12 mortes. De acordo com o Ministério da Saúde, outros 20 casos estão sendo investigados nos estados de Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.O Paraná, que faz divisa com os últimos dois estados, chegou a ter dois casos suspeitos da doença já descartados. O secretário estadual de Saúde Beto Preto, disse que os casos suspeitos no Paraná serviram para alertar as equipes de saúde e mantê-las alinhadas com o Ministério da Saúde. Um comitê foi criado para discutir ações sobre esta e outras doenças. “Em Curitiba, temos um comitê de operações de emergência em saúde, com reuniões para acompanhar a situação”, afirma. De acordo com ele, a secretaria também mantém todas as medidas determinadas pelo Ministério da Saúde que ampliou os parâmetros de monitoramento para pessoas assintomáticas que visitaram países onde a doença foi confirmada, ou que estiveram no mesmo ambiente que pessoas com suspeita de contágio. “É importante frisar que o Paraná possui uma enorme pujança econômica e isso acaba atraindo pessoas para cá. Também vale ressaltar que os paranaenses também viajam. Janeiro registrou o maior movimento de brasileiros no exterior. As pessoas estão viajando e podem acabar passando por países onde há o vírus”, destaca.

    Dentre as principais orientações, Beto Preto, que é médico, pede às pessoas que evitem viajar, sobretudo para países onde há risco de contágio. “Viajar somente se necessário for. Se puder remarcar, repensar”, alerta. Ele também pede para que as pessoas lavem as mãos com frequência e evitem ambientes fechados com aglomeração de pessoas. E essas orientações valem para outros vírus como o da gripe.“Temos outras doenças contagiosas para evitar, como o H1N1, então todo cuidado é pouco”, salienta. E diante do menor sintoma, procure um médico rapidamente. 

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Como reestruturar e garantir a sobrevivência do meu negócio?

    Deixe seu comentário sobre: "Coronavírus coloca Paraná em alerta"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.