Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Suspeitos de torturar e matar professor após festa são indiciados por homicídio e homofobia, em Curitiba

.

Quatro suspeitos de torturar e matar um professor de Geografia após uma festa, em Curitiba, foram indiciados pelos crimes de homicídio qualificado e homofobia. A conclusão inquérito foi divulgada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (21).

O crime aconteceu no dia 30 de novembro. De acordo com a polícia, o corpo de Ronaldo Pescador, de 40 anos, foi encontrado no próprio carro enrolado em um tapete, amarrado com fios elétricos e com uma peça íntima feminina dentro da boca.

De acordo com a investigação, a vítima foi espancada e morta pelos suspeitos, motivados por homofobia.

Os suspeitos pelo homicídio foram indiciados pelos seguintes crimes:

Marcelo Hortmayer - Homicídio triplamente qualificado, fraude processual, ocultação de cadáver, fornecer bebida alcoólica a adolescente, corrupção de menores e homofobia.

Jhoe Matheus Mariano - Homicídio triplamente qualificado, fraude processual, ocultação de cadáver, fornecer bebida alcoólica a adolescente, corrupção de menores e homofobia.

Gabriela Ferraz Gonçalves - Homicídio triplamente qualificado, fraude processual, ocultação de cadáver, fornecer bebida alcoólica a adolescente, corrupção de menores e homofobia.

Guilherme Jesus Oliveira - Homicídio triplamente qualificado, fornecer bebida alcoólica a adolescente, corrupção de menores e homofobia.

Outras três pessoas que, segundo a polícia, estavam na cena do crime foram indiciadas por omissão de socorro, fornecer bebida alcoólica para a adolescente, corrupção de menores e homofobia.

Uma adolescente que estava na festa foi indiciada pelos atos infracionais fraude processual, ocultação de cadáver, omissão de socorro e homofobia.

(Do G1 Paraná)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber