Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Conselheiro do TCE-PR inicia o segundo mandato na presidência do IRB

.

O conselheiro Ivan Bonilha, membro do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), tomou posse, na tarde desta quinta-feira (6 de fevereiro), em Brasília, da presidência do Instituto Rui Barbosa (IRB). Bonilha inicia o segundo mandato à frente do órgão de estudos e pesquisas dos Tribunais de Contas de todo o país. Ele foi reeleito para o cargo em novembro de 2019, por unanimidade, durante o 1º Encontro Internacional dos Tribunais de Contas, realizado em Foz do Iguaçu. O mandato tem a duração de dois anos.

No mesmo evento foram empossados o conselheiro Fábio Nogueira (TCE-PB), na presidência da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon); o conselheiro Joaquim Alves de Castro Neto (TCM-GO), como dirigente do Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPT);  e o conselheiro Thiers Montebello (TCM-RJ) como presidente da Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios (Abracom). Realizado no Auditório Ion, na Capital Federal, o evento teve a presença do presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre (DEM-AP); e de presidentes e outros membros das 33 cortes de contas brasileiras.

Em seu discurso, Bonilha agradeceu ao apoio que vem recebendo do TCE-PR, por meio do ex-presidente Durval Amaral e do atual, Nestor Baptista, que tem sido fundamental para que ele possa desempenhar suas atribuições com sucesso junto ao IRB.

De acordo com o presidente da Atricon, Fábio Nogueira, a decisão de realizar um evento conjunto, para posse aos dirigentes das quatro entidades, é reflexo do "sentimento de união", com o qual o Sistema Tribunais de Contas têm se posicionado para contribuir com uma pauta republicana e com decisões capazes de elevar os níveis de bem-estar da população brasileira. Nogueira destacou que o fortalecimento do sistema, pelo aperfeiçoamento das ações, também é baseado na conjunção de interesses e no compartilhamento de boas práticas de controle externo.

CNPT

Também em Brasília foi realizada a primeira reunião do ano do CNPT, que contou com a participação do ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União (TCU). A pauta da reunião foi diversificada, atendendo a proposições apresentadas pelos integrantes do conselho, além de acatar sugestões da Atricon e do IRB. Governança pública, reforma da previdência, programa de ações do IRB e a tese de repercussão geral fixada pelo Supremo Tribunal Federal no Recurso Extraordinário nº 848.826/DF na atuação dos Tribunais de Contas foram alguns dos temas abordados.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber