Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Vô e vó são condenados por queimar neto de 11 meses no forno em casa

.

Um homem que queimou vivo o neto de apenas 11 meses no forno do fogão de casa foi condenado a 15 anos de prisão. A esposa, e avó da vítima, foi sentenciada a nove anos de cadeia. O caso aconteceu em Khakassia, no leste da Rússia.

Maxim Sagalakov tinha ficado aos cuidados dos avós, Alexander Miyagasheva, de 48 anos e Zhanna Miyagasheva, de 43, quando incinerado pelos avós. A mãe do bebê,Viktoria, 21 anos, deparou-se com os restos carbonizados do filho no forna da cozinha dos pais.

De acordo com os relatórios judiciais, o choro da criança teria “irritado” a avó, que estava bêbada. Ele teria sufocado o bebê até ele ficar inconsciente. O marido colocou a criança no forno em chamas, que segundo o laudo da perícia, foi a causa da morte.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber