Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Descentralização das ações culturais foi marca da Comissão de Cultura da Assembleia em 2019

.

A descentralização das ações culturais e artísticas e o diálogo com gestores municipais de todas as regiões paranaenses foram as marcas do trabalho Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa do Paraná no ano de 2019. “Foi um ano muito importante, além de inúmeras atividades na capital, fomos ao interior, levamos a Comissão a vários municípios do Paraná. Pretendemos estender os trabalhos no ano que vem, chegando a todo estado, além de Curitiba e Região Metropolitana”, declarou o presidente do grupo, deputado Delegado Recalcatti (PSD).

Uma reunião com prefeitos de nove municípios no Centro Cultural de Cultura (CAC) de Maringá, em outubro, é um exemplo da disposição da Comissão pela interiorização das ações de governo, criações de políticas públicas e destinações de recursos para a área. O contato direto com o secretário de Estado da Comunicação Social e da Cultura, Hudson José, também demonstra o empenho neste sentido. Em março foi debatida a realização de exposições itinerantes do acervo público do Museu Oscar Niemayer e apresentações da Orquestra Sinfônica e do Balé Teatro Guaíra.

Em abril, a Comissão reuniu as principais lideranças do setor cultural para debater a aplicação das leis e dos recursos voltados para as iniciativas culturais. A audiência pública "Leis do Plano Estadual de Cultura e do Fundo Estadual de Cultura” promoveu o debate sobre como as leis estão sendo aplicadas na prática e os seus efeitos sobre a produção artística e cultural paranaense. Em julho, a Comissão de Cultura foi parceira na realização da sessão solene em homenagem aos 50 anos do Balé Teatro Guaíra.

Além de oito reuniões ordinárias, a Comissão de Cultura promoveu encontros extraordinários, como a ocasião, no mês de agosto, em que ouviu a argumentação do secretário Hudson José sobre um plano de desenvolvimento turístico para os 13 municípios onde está localizada a Escarpa Devoniana, nos Campos Gerais. Outra conquista foi a adesão das políticas públicas do Paraná ao Sistema Nacional de Cultura, formalizada em projeto de lei 813/2019 que cria o Sistema Estadual de Cultura, proposta do Poder Executivo com a Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura.

A Comissão de Cultura tem como membros titulares ainda os deputados: Tadeu Veneri (PT), vice-presidente; Boca Aberta Junior (PROS), Galo (PODE), Goura (PDT), Mabel Canto (PSC) e Rodrigo Estacho (PV). Parte superior do formulário

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber