Justiça suspende resultado do Sisu e cobra governo por erros - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Cotidiano

Justiça suspende resultado do Sisu e cobra governo por erros

Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A Defensoria Pública da União (DPU) afirmou na noite desta sexta-feira (24) que obteve uma liminar na Justiça Federal de São Paulo que determina que o governo comprove a correção de erros no resultado das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. A decisão pede ainda a suspensão da divulgação dos resultados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a partir do dia seguinte ao término do prazo, previsto no cronograma do Ministério da Educação (MEC) para este domingo (26).

“Aos réus que comprovem documentalmente que a revisão ex officio das notas das provas nas quais foram identificadas falhas foram consideradas para a readequação das notas de todos os candidatos no Enem, em razão da teoria da resposta ao item, indicando-se quais eram os parâmetros antes e depois da revisão; e que todos os solicitantes de revisão tiveram seu pedido atendido, ainda que a nota não tenha sido alterada, e que foram adequadamente informados de tal decisão”, diz o ofício.

A sentença, proferida pela 8ª Vara Cível Federal de São Paulo, impede ainda a divulgação dos resultados seja feita como previsto na segunda-feira (27).

Com informações do G1.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Justiça suspende resultado do Sisu e cobra governo por erros"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.