Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Geração de empregos triplica na região

.

Foto: Sergio Rodrigo
Foto: Sergio Rodrigo

O número de vagas de emprego abertas ao longo de 2019 nas cinco principais cidades da região foi três vezes maior do que em 2018, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão vinculado ao Ministério da Economia. De acordo com os números oficiais, o saldo de empregos nestes municípios, somados, ficou em 819 postos de trabalho com carteira assinada, contra 266 vagas preenchidas no ano anterior. Os números do Paraná também são positivos, com o Estado alcançando o melhor resultado desde 2013.

Dos cinco maiores municípios da região, apenas Faxinal registrou saldo negativo, com menos 27 postos de trabalho preenchidos em 2019 (no ano anterior haviam sido -19). Os outros quatro (Apucarana, Arapongas, Ivaiporã e Jandaia do Sul) tiveram números positivos no ano.O melhor desempenho ficou com Arapongas, quer criou 625 empregos com carteira assinada. No ano anterior, a cidade havia ficado com saldo positivo de 95 empregos. Ivaiporã aparece na sequência, com 129 vagas, ante as 116 criadas em 2018. Ela é seguida por Apucarana, com 78 novos postos de trabalho. Em comparação, a cidade havia fechado o ano anterior com saldo negativo de 362 postos de trabalho extintos. Jandaia do Sul criou 14 novos postos de trabalho. Em 2018, haviam sido 400.

O Paraná encerrou 2019 como um dos quatro Estados que mais geraram emprego no País, com saldo de 51.441 vagas abertas. Esse é o melhor índice dos últimos seis anos e representa crescimento de 24,28% em relação a 2018, que teve 41.391 novos empregos. O Caged também aponta crescimento em nível nacional no acumulado do ano, com saldo de 644.079 novos empregos, maior resultado desde 2013.

DEZEMBRO

Apesar do desempenho positivo no ano, o mês de dezembro foi de queda, com 620 postos de trabalho cortados nos cinco maiores municípios da região. Em Apucarana, foram 362 empregos a menos. Em Arapongas, 296. Faxinal fechou com menos 10 postos de trabalho. Só Ivaiporã e Jandaia do Sul registraram números positivos no mês: geração de 33 e 15 novos empregos, respectivamente.

Especialista destaca recuperação econômica

O economista Marcelo Vargas, do campus de Apucarana da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), afirma que o aumento da geração de empregos é um sinal de melhora econômica. “A economia tem dado sinais de uma retomada mais consolidada e estes resultados do Caged mostram bem isso. Outro fator importante é a expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) nacional. São mostras de que a situação está melhorando”.

Ainda segundo ele, esta melhora está ligada a algumas ações do governo. “Aparentemente, as medidas do Governo Federal, como a Reforma da Previdência feita recentemente, gradativamente vêm dando resultado, ainda que a passos lentos. Espera-se agora que esta retomada se fortaleça dada vez mais”, ressalta.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber