Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Delegacia Cidadã de Paranaguá trará mais segurança ao Litoral

.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior inaugurou nesta sexta-feira (24) a Delegacia Cidadã de Paranaguá, no Litoral do Estado. São cerca de 6,8 mil metros quadrados de área construída. É a maior unidade desse modelo que oferta atendimento especializado do Paraná. Os investimentos somaram mais de R$ 5 milhões.

O governador destacou que as instalações mais modernas vão proporcionar conforto à população e qualidade na prestação de serviços, além de liberar os policiais para a atividade de investigação – eles ajudavam na custódia de presos da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, a antiga delegacia. “É a maior do Estado e muito moderna. Há muitos anos o Litoral não recebia investimentos em segurança pública como nós fizemos nesse último ano”, afirmou Ratinho Junior. “Paranaguá merecia uma delegacia desse porte. A ideia é avançar cada vez mais na defesa do cidadão paranaense”.

O secretário estadual da Segurança Pública, Romulo Marinho, destacou que esse projeto prevê atendimento especializado e integração das equipes de Paranaguá. “Teremos a estrutura da antiga delegacia de Paranaguá, o Instituto de Identificação, e as forças especializadas de atendimento às crianças, adolescentes e mulheres. Os presos ficarão na 1ª Subdivisão de Paranaguá, no Centro, mas o prédio será reformado e teremos capacidade para atender a custódia da cidade com dignidade”, afirmou.

A estrutura da Delegacia Cidadã contará com dois delegados, 24 investigadores e 12 escrivães. “É a primeira delegacia padrão III do Estado. Estamos deixando de lado um prédio centenário, com salas que não estavam adaptadas diante das novas tecnologias. É um prédio totalmente novo, com acessibilidade e toda estrutura necessária para a população”, afirmou o delegado Rogério Martin de Castro, responsável pela nova unidade.

A transição será gradual, mas a partir da semana que vem arquivos e computadores já começarão a ser transferidos. A previsão de abertura para atendimento é na quinta-feira (30).

Segundo o prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque, a Delegacia Cidadã complementa um novo complexo de segurança da cidade. “Fica no Aeroparque, um cartão-postal de Paranaguá, que conta com estrutura de lazer, e se soma à sede da Polícia Militar. Agora essa região é um grande complexo de segurança pública do Litoral do Paraná”, afirmou.

DELEGACIA CIDADà- A nova delegacia possui infraestrutura de atendimento com espaços mais humanizados para o público em geral e vítimas de crimes. Ela é do padrão III na classificação estadual, com três pisos e cerca de 6,8 mil metros quadrados.

Entre as diferenças para as estruturas comuns estão acessibilidade para pessoas com dificuldades motoras e banheiros adaptados, além de salas para atendimentos seletivos, com espaços separados para o recebimento de vítimas e de agressores ou suspeitos, e ambientes isolados para crianças, adolescentes, mulheres e idosos.

O local contará ainda com salas para advogados e para a Polícia Militar, sala de reconhecimento, sala de imprensa, auditório, sala de videoconferência e dez cartórios. Todos os ambientes possuem climatizadores.

A Delegacia Cidadã também tem quatro celas para abrigar presos transitórios, que não permanecerão no local por tempo superior aos trâmites legais. Eles serão encaminhados para a antiga 1ª Subdivisão da Polícia Civil, que será administrada pelo Departamento Penitenciário (Depen).

O Instituto de Identificação, responsável pelos RGs, também terá um posto neste prédio, o que vai agilizar ainda mais a emissão de documentos dos moradores locais.

“A diferença é o ambiente de trabalho dos policiais, a qualidade de atendimento para pessoas. Não há nada pior do que ser vítima e encontrar estrutura inadequada ao procurar o Estado, e nem para o policial trabalhar em ambientes ruins e pequenos, e com muitos presos. É outra energia para acolher a população e para as equipes de investigação”, afirmou Riad Braga Farhat, delegado-geral-adjunto da Polícia Civil do Paraná.

FUTURO - O Paraná tem quatro Delegacias Cidadãs – Paranaguá, Matinhos, Pinhais e Fazenda Rio Grande – e o Governo do Estado planeja replicar a mesma dinâmica em várias cidades.

Já foram iniciados os procedimentos para as instalações de novas unidades nas cidades de Almirante Tamandaré, Araucária e Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. Elas serão do padrão II, com 1,2 mil metros quadrados. Também oferecerão atendimento especializado à população e contarão com salas de delegados, de reuniões e demais departamentos administrativos, além de sala de atendimento ao público, plantão, investigação e cartório.

Além disso, o Estado elabora projetos de delegacias cidadãs nos municípios de São José dos Pinhais, Londrina e Cascavel. As construções serão custeadas com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

QUEDA DE INDICADORES - A cidade de Paranaguá e a sua Área Integrada de Segurança Pública (AISP), que abrange mais municípios do Litoral, registraram quedas nos números de homicídios, furtos e roubos em 2019, em consonância com a redução dos indicadores estaduais. Os dados da Secretaria de Segurança Pública são de janeiro a setembro.

Foram 42 homicídios em Paranaguá nesse período em 2019, contra 56 homicídios nos primeiros nove meses de 2018, redução de 25%. Se englobada toda a AISP, há reduções nos números de furtos (-9,29%), roubos (-24,41%), furtos de veículos (-4,46%), roubos de veículos (-6,98%) e ocorrências envolvendo tráfico de drogas (-7,73%).

“Hoje existe uma estratégia para fazer o enfrentamento ao crime. Assumimos o Paraná com o maior contingente de presos em delegacias no País, e temos 14 obras em andamento para sanar esse problema. Os comandantes das forças de segurança estão numa feira em Las Vegas (EUA) para comprar armamento moderno para o Estado e as indicações de delegados são totalmente técnicas. São indicadores muito importantes na redução dos números da criminalidade no Paraná”, complementou Ratinho Junior.

PRESENÇAS - Estiveram presentes na inauguração os secretários de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega, e do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes; os deputados estaduais Alexandre Curi, Galo, Delegado Recalcatti e Do Carmo; o diretor-presidente da empresa pública Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia; o diretor-presidente da Fundepar, José Maria Ferreira; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Samuel Prestes; o desembargador José Laurindo, 2º vice-presidente do Tribunal de Justiça do Paraná; o presidente da seccional de Paranaguá da OAB-PR, Nazareno Antonio Vilarinho Pioli Filho; prefeitos, vereadores e lideranças do Litoral.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber