Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

5 dicas de como se preparar para uma crise financeira

.

É importante ter as cartas na manga no momento de crise (FONTE: Financial News)
É importante ter as cartas na manga no momento de crise (FONTE: Financial News)

Muitas manchetes diárias falam de como as empresas vem lidando com a crise. Assim como a companhia BP aprendeu com o derramamento de óleo no Golfo do México e a Malaysian Airlines aprendeu com dois desastres, uma crise pode ocorrer a qualquer momento. No entanto, diferentemente da lista da Fortune 500, as empresas menores geralmente não estão preparadas e não possuem um plano de crise. Essas pequenas companhias acreditam que isso nunca vai acontecer. Mas e se acontecer, você está preparado?

Quão bem sua empresa se sairia se você morresse em um acidente de carro a caminho do trabalho? Quem assumiria sua função e continuaria as operações? Suponha que você possua uma empresa de varejo e descubra que um de seus principais produtos ou serviços criou um grande problema de saúde - o que você faria? Se você opera uma empresa de construção e um acidente industrial matou vários membros importantes da sua equipe - como você reagiria?

Antes de ocorrer uma crise, os empresários devem pensar em como um desastre afetaria funcionários, clientes, fornecedores, o público em geral e o valor de sua empresa. Uma crise pode atingir qualquer empresa a qualquer hora, em qualquer lugar (veja o caso da British Petroleum). O planejamento avançado é a chave para a sobrevivência. Aqui estão algumas etapas críticas para o gerenciamento de crises que toda empresa deve adotar, independentemente do seu tamanho. 

1. Tenha um plano

Todo plano começa com objetivos claros. Os objetivos durante qualquer crise são proteger qualquer indivíduo (funcionário ou público) que possa ser ameaçado pela crise, garantir que os principais públicos sejam mantidos informados e que a organização sobreviva. Imagine uma grande empresa de cassino que por incompetência de gestão não mais poderá pagar os seus clientes. Sentiu o tamanho da crise? Portanto, este plano escrito deve incluir ações específicas que serão tomadas em caso extremos. 

2. Seja honesto e aberto 

Nada gera mais cobertura negativa da mídia do que falta de honestidade e transparência. Portanto, seja o mais aberto e transparente possível pode ajudar a interromper os rumores e impedir um potencial frenesi da mídia. Essa transparência deve ser projetada em todos os canais de comunicação: entrevistas, mídias sociais, anúncios, comunicação interna, etc.

Em tempos de mídia social, é importante ser sempre transparente e aberto. (FONTE: Atados)

3. Comunique-se com os clientes e fornecedores

Você não deseja que clientes e fornecedores saibam sobre a crise da sua empresa através da mídia. As informações sobre problemas da sua organização devem vir primeiro de você. Parte do plano de comunicação de crise deve incluir clientes e fornecedores e como eles serão atualizados regularmente durante o evento. 

4. Mantenha atualizações constantes

É melhor se comunicar demais do que permitir que os rumores preencham o vazio. Emita declarações resumidas, planos de ação atualizados e novos desenvolvimentos o mais cedo e o mais rápido possível. Lembre-se de que, com as mídias sociais e os canais de notícias a cabo de hoje, vivemos uma época do ciclo de notícias 24 horas por dia, 7 dias por semana. Seu plano de crise deve seguir esse mesmo caminho. 

5. Mantenha os seus funcionários informados 

Manter uma força de trabalho informada ajuda a garantir que os negócios continuem fluindo da maneira mais suave possível. Também minimiza o boato interno que pode levar os funcionários a postar relatos falsos nas mídias sociais.

Use essas cinco dicas para preparar o seu plano de crise e tenha certeza de que, se algum dia a crise chegar, você terá capacidade de lidar com ela da melhor forma!



O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber