Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Justiça condena Paty Bumbum, acusada de realizar procedimentos estéticos irregulares

.

(Reprodução Globo)
(Reprodução Globo)

Patrícia Silva dos Santos, conhecida como Paty Bumbum, e a sua sócia, Valéria dos Santos Reis, foram condenadas a sete anos de pena, que serão inicialmente cumpridas em regime semiaberto.

Patrícia era suspeita de realizar procedimentos estéticos irregulares na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ela não era formada em medicina e, de acordo com a sentença, aplicava silicone industrial em algumas pacientes.

Pelo crime de lesão corporal gravíssima, que deixou enfermidade permanente, elas foram condenadas a cinco anos de reclusão. Pelo crime de exercício de profissão sem autorização legal, elas foram condenadas a dois anos de detenção. A decisão é do dia 19 de dezembro do ano passado.

Josman Francisco da Silva, que foi apontado como ajudante das duas, foi absolvido.

“Ocorre que, quando da realização do procedimento, era, de fato, injetado no corpo das pacientes silicone industrial, produto este que, por suas propriedades, não é destinado a tal finalidade, sendo nocivo à saúde e causando alteração permanente no corpo das vítimas, eis que não é absorvível como o hidrogel”, afirma o texto da sentença.

Ela também é suspeita de envolvimento na morte de Mayara da Silva dos Santos, de 24 anos, após passar por procedimentos nos glúteos, coxas e abdômen.

Na casa onde realizava os procedimentos, policiais da Delegacia do Consumidor (Decon) e funcionários da Anvisa encontraram seringas, silicone industrial e equipamentos médicos.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber