Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Mais de 30 pessoas morreram nas rodovias paulistas durante feriado

.

Balanço divulgado hoje (3) pelo Comando de Policiamento Rodoviário, da Polícia Militar de São Paulo, apontou que 32 pessoas morreram e 115 ficaram feridas gravemente em acidentes provocados nas rodovias paulistas durante a Operação Ano Novo. As ações ocorreram entre os dias 27 de dezembro (sexta-feira) e 02 de janeiro (ontem). De acordo com o balanço, foram registrados 428 acidentes com vítimas no estado.

A Polícia Rodoviária Estadual não comparou o levantamento com os registros do mesmo período do ano passado. De acordo com a corporação, a operação anterior transcorreu no período de sete dias, enquanto neste ano foram apenas cinco dias.

Segundo o policiamento rodoviário, 1,2 milhão de veículos deixaram a capital paulista durante o período de ano-novo.

Os boletins de ocorrência, segundo a PM, demonstraram que a maioria dos acidentes poderia ter sido evitada. Do total de óbitos, 13 ocorreram em decorrência de colisões, cinco por tombamentos e cinco por atropelamentos.

Autuações

Durante a Operação Ano Novo 2020, a polícia fez 87.961 autuações por infrações de trânsito, sendo que a maioria foi por excesso de velocidade (40.562 casos). A segunda maior ocorrência foi pela não utilização de cinto de segurança (11.083 casos). A polícia rodoviária também flagrou 772 motoristas dirigindo sob efeito de álcool ou de outras substâncias psicoativas.

Houve também a prisão de 68 pessoas em flagrante e a recaptura de 34 procurados pela Justiça. 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber