Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

IPC-S recua em 3 de 7 capitais na última semana de dezembro, diz FGV

.

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Três das sete capitais pesquisadas registraram queda nas taxas de variação na inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) de 31 de dezembro de 2019, que registrou variação de 0,77% e ficou 0,09 ponto percentual (p.p) abaixo da taxa divulgada na apuração anterior, em 22 de dezembro de 2019.

As cidades com melhor resultado são Brasília, São Paulo e Belo Horizonte.

Brasília

O indicador calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (IBRE/FGV), apontou que, em Brasília, o IPC-S de 31 de dezembro de 2019 variou 0,82%, ficando 0,34 ponto percentual abaixo da taxa registrada divulgação anterior. Segundo a FGV, com este resultado, o indicador acumula alta de 3,21% no ano e 3,21% nos últimos 12 meses.

Na capital federal, cinco das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram desaceleração em suas taxas de variação, entre elas a de Educação, Leitura e Recreação e de Despesas Diversas, cujas taxas passaram de 1,12% para -0,26%, e de 2,59% para 1,36%, respectivamente.

São Paulo

Outra capital em queda foi São Paulo, onde o IPC-S, no mesmo período, variou 0,90%, ficando 0,27 ponto percentual abaixo da taxa registrada na última divulgação.

O indicador acumula alta de 5,17% no ano e 5,17% nos últimos 12 meses. Também lá, cinco das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram desaceleração em suas taxas de variação. Os destaques foram Despesas Diversas que recuou de 3,78% para 1,95% e Alimentação, passando de 3,20% para 2,71%.

Belo Horizonte

A terceira capital que registrou desaceleração foi Belo Horizonte, onde o IPC-S de 31 de dezembro de 2019 variou 0,55%, ficando 0,09 ponto percentual abaixo da taxa registrada na última divulgação. Depois disso, o indicador acumula alta de 3,94% no ano e 3,94% nos últimos 12 meses. Como nas outras duas cidades, cinco das oito classes de despesa componentes do índice tiveram queda nas taxas de variação, em alimentação, que foi um deles saiu de 2,74% para 2,19%, e despesas diversas, caíram de 1,99% para 1,44%.

Altas

As quatro capitais que apresentaram alta no indicador foram Salvador, que saiu de 0,64% para 0,78%; Rio de Janeiro, onde subiu de 0,98% para 0,99%; Recife com elevação de 0,39% para 0,42%; e Porto Alegre cuja variação era 0,51% e passou para 0,53%.

A próxima divulgação dos resultados regionais do IPC-S será na próxima quinta-feira (9).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber