Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Letícia Colin ganha esmola ao ser confundida com viciada

.

Na pele da usuária de crack Amanda, da série “Onde Está Meu Coração”, Letícia Colin foi confundida durante gravações na Cracolândia, em São Paulo, e recebeu esmola. A equipe da produção usou lentes capazes de filmar à distância para que não fosse notada pela população.

“Quatro pessoas pararam e começaram a conversar com ela, perguntaram se era usuária de drogas. Ela falou que era, mas estava tentando largar. Ela se emocionou na hora, eles deram dinheiro pra ela, e a gente ficou chocado. Quando terminou, a gente os abordou e perguntou se eles aceitavam assinar o termo de cessão de direito de imagem. Eles aceitaram, ficaram impressionados por aquilo ser uma gravação”, lembrou a diretora Luiza Lima ao “Notícias da TV”.

Segundo a diretora, a série não pretende discutir as consequências do uso de crack, mas sim como ele pode afetar famílias e representa um grande problema social.  

“A gente quer mostrar o deslocamento social do crack. Ele normalmente é associado à marginalidade, aos pretos, à miséria, à Cracolândia, àquele lugar para o qual a gente não quer olhar. A partir do momento em que você traz uma garota de classe social favorecida, branca, médica, e ela está viciada, isso mexe com os nossos preconceitos. Faz com que a gente perceba que é uma questão social, humana, independentemente da classe”, justificou. 

“Onde Está Meu Coração”, da Globoplay, tem estreia prevista para o primeiro semestre de 2020.

Via, Msn.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber