Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Padrasto que manteve enteados em cárcere privado diz à polícia que era acusado de pedofilia 

.

Policiais durante as negociações com o homem (Reprodução/RPC)
Policiais durante as negociações com o homem (Reprodução/RPC)

Um homem de 39 anos, que manteve os enteados em cárcere privado em uma casa por quase 30 horas, em Cafelândia, no oeste do Paraná, afirmou que cometeu o ato porque vizinhos o acusavam de pedofilia, segundo a Polícia Civil. O homem foi preso e encaminhado à Delegacia de Nova Aurora, também no oeste do estado, onde prestou depoimento. Ele deve ser transferido para uma penitenciária nesta quarta-feira (4), conforme a polícia.

Os adolescentes foram libertados pela polícia, no final da tarde de ontem (3). Eles estavam presos pelo padrasto desde o começo da tarde de segunda-feira, segundo a Polícia Militar (PM). O padrasto amarrou os enteados, de acordo com a PM. Policiais foram chamado ao local e iniciaram as negociações por volta das 15h de segunda, que se estendeu até a terça-feira. Após o episódio, o homem foi sedado e preso.

Investigação
Segundo o delegado, as investigações prosseguem com depoimentos de familiares e vizinhos. Os adolescentes foram encaminhados para cuidados do Conselho Tutelar de Cafelândia. De acordo com o delegado que investiga o caso, o suspeito toma remédios controlados e afirmou que não tomava a medicação há cerca de dois meses.

Fontes G1 PR e RPC Cascavel 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber