Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Programa Hortas Comunitárias chega a Cascavel

.

Um convênio assinado nesta terça-feira (03) vai garantir a implantação de nove hortas urbanas em Cascavel e a manutenção de 36. A iniciativa integra o programa Hortas Comunitárias do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional (Desan) e vai beneficiar diretamente 270 famílias. O valor do convênio é R$ 428,6 mil, com repasse de R$ 399,9 mil da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento e a contrapartida do município de R$ 28,6 mil.

As hortas vão otimizar áreas urbanas e periurbanas, proporcionando acesso a alimentos saudáveis e diversificados, livres de defensivos agrícolas. O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, explica que o programa promove geração de renda, inclusão social e melhoria da qualidade de vida nas comunidades. “Essas hortas garantem a produção de alimentos de qualidade. Parabenizamos o município por esse e outros projetos que caminham para promover a segurança alimentar da população”.Segundo a diretora do Desan, Márcia Stolarski, o projeto tem o objetivo de contribuir para a produção de alimentos destinados ao consumo das próprias comunidades, trocas, doações ou comercialização, e permite o cultivo de hortaliças ou pequenas lavouras de subsistência. “Além de estimular a agricultura orgânica, as hortas garantem a sustentabilidade ambiental, por meio da educação, do uso adequado do solo, e promovem a valorização da interação comunitária”, destaca.Para o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, essa é uma grande ferramenta de incentivo à agricultura urbana. “Nós já temos um projeto de agricultura urbana no município e estamos trabalhando com a nossa receita. Mas quando o Governo do Estado abre a possibilidade de uma parceria, isso aumenta a nossa capacidade de levar hortas e todo o perímetro urbano”.

Este é o segundo convênio do programa e o primeiro no Interior. A primeira horta foi implantada há um ano no Mosteiro Monte Carmelo, da Associação Casa do Servo Sofredor, no bairro Pinheirinho, em Curitiba. Neste ano, o programa ainda inaugurou hortas no Tatuquara, Boqueirão e Portão, também na Capital. Outras duas devem ser inauguradas nas próximas semanas.

PROGRAMA - O programa Hortas Comunitárias tem como foco a população de baixa renda, idosos, pessoas em situação de vulnerabilidade social, comunidades terapêuticas, imigrantes e refugiados. Com a implantação desses espaços, o objetivo é contribuir para a erradicação da extrema pobreza e da fome, estimular a sustentabilidade ambiental, ampliar a oferta de alimentos saudáveis e incentivar a agricultura orgânica.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber