Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Padrasto mantém enteados reféns por mais de 15 horas

.

Já dura mais de 15 horas a negociação entre a Polícia Militar e um homem de 39 anos que mantém os dois enteados reféns na cidade de Cafelândia, na região oeste do Paraná. A situação, que se iniciou ainda na tarde de segunda-feira (2) se arrastou durante toda a noite e adentrou a madrugada de terça (3), mas ainda sem um desfecho.

Os dois adolescentes, um menino de 12 anos e uma menina de 14, seguem em cárcere privado na casa onde a família mora, na Rua Elizabeta Pereira, no Bairro Benjamim Motter. Conforme relatos de familiares, o homem teria problemas psiquiátricos e fez os dois enteados reféns após uma discussão.

Ainda durante a tarde de segunda, diversas equipes da Polícia Militar negociavam a rendição do suspeito, mas sem sucesso. Já durante a noite, militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) chegaram ao local e assumiram as conversas com o homem. Reforços chegaram pouco antes das 3h da manhã, entretanto, sem avanços na negociação.

A PM tenta convencer o homem a se entregar pacificamente, garantindo a sua integridade física e também a dos adolescentes. Por ora, as equipes policiais descartam invadir o local. São mais de 15 horas de negociação entre militares e o suspeito e até as 7h20 desta terça, o caso ainda não teve um desfecho.

Além de equipes da PM, socorristas do Samu estão de prontidão. A situação é acompanhada de perto por familiares e também por alguns populares que permaneciam no local no fim da madrugada de terça.

Colaboração, Catve 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber