Xuxa revela abusos sexuais que sofreu na infância e adolescência - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Cotidiano

Xuxa revela abusos sexuais que sofreu na infância e adolescência

Foto por
Escrito por redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Em coluna escrita para o portal Vogue Brasil, Xuxa contou sobre a série de abusos que sofreu na infância e adolescência. No texto, ela explicou que hoje quer potencializar campanhas para crianças que também sofrem esse tipo de violência. 

A apresentadora conta que, por conta do que viveu, desenvolveu mania de limpeza, e revive sentimentos como culpa, raiva, impotência e medo ao relembrar dos casos.

Ela relatou que o primeiro caso aconteceu quando tinha cerca de 4 anos, e morava no Sul com a família. “Minha mãe costumava colocar um edredom no chão depois do almoço e deitar com nós cinco para tirar um soninho na parte da tarde. (...) No Sul também era comum misturar vinho com água e açúcar e dar pras crianças, o que também me deixava com mais sono do que o normal.” Ela conta que a mãe engravidou jovem, e teve ela e mais quatro filhos. “Me lembro de um cheiro de álcool de alguém, uma barba que machucou o meu rosto e algo que foi colocado na minha boca.” Seus irmãos disseram que ela teria sonhado, mas foi a primeira experiência que ela teria tido.

Ela contou também que quando tinha cerca de 5 ou 6 anos costumava andar de Kombi com a família. E um dos parentes, nesses passeios, tocava seu corpo. Mas, por ser muito jovem, ela não entendia o abuso. “Sentia tocarem em mim, colocavam o dedo, doía, não sabia distinguir o que sentia, por isso não chorava e nem reclamava com ninguém sobre o acontecido”. Ainda no texto, ela contou que esse mesmo parente visitava a sua casa no Rio de Janeiro, e sempre que conseguia, a tocava. 

Aos 11 anos, seu professor de matemática do colégio também teria abusado dela.  “Cheguei em casa e na hora do jantar, perguntei à minha irmã Mara o que era 'colocar nas coxas'. Ela ficou furiosa e sem me explicar, queria apenas saber quem tinha me falado aquilo. Eu me borrei de medo, mas falei. Foi aí que eu e meu irmão fomos transferidos para o colégio de padre São Judas Tadeu - hoje Santa Monica - e lá tudo melhorou.”

Sua avó por parte de mãe teve um namorado que também abusou dela. A tocava e dizia ser apenas “carinhos”. “Por que não gritei? Por que não chorei alto? Por que não falei para minha mãe? Não sei, não sei, mas minha mãe decidiu pedir para minha vó não casar com ele. Meus irmãos foram contra e eu fui a favor da minha mãe. Eu disse que se minha mãe não queria e não gostava, eu também não queria e não gostava. Foi o máximo que eu fiz pra protestar o que vivi dos meus 10 aos 11 anos.”

O melhor amigo de seu pai também teria se aproveitado dela. Aos 13 anos, ele teria tentado beijá-la a força. “Me lembro que chovia e eu saí correndo pela rua até chegar na praia. Chorava muito, peguei um punhado de areia e passava no meu corpo para limpar toda sujeira que estava impregnada há anos…”

Na coluna, ela revelou ainda o quanto foi difícil conviver com isso até os quase 50 anos, quando, no programa Fantástico, decidiu divulgar o Disque Denúncia. Ela fala que geralmente as pessoas se calam, mas é preciso falar sobre a situação.

Via, O povo online

Deixe seu comentário sobre: "Xuxa revela abusos sexuais que sofreu na infância e adolescência"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Todos os candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.