Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Post de pai de menino que defendeu amigo negro de bullying tem mais de 140 mil curtidas 

.

A família mora em Marília, interior de São Paulo (WhatsApp)
A família mora em Marília, interior de São Paulo (WhatsApp)

Uma situação chamou a atenção de internautas no último sábado, quando o pai de um menino de 8 anos, que defendeu o amigo negro em uma situação de bullying em uma festa de crianças, postou no Facebook a conversa entre os dois. Até a manhã desta segunda-feira (25), o post com repercussão positiva, teve mais de 110 mil compartilhamentos, mais de 10 mil comentários e mais de 140 mil curtidas.

“Extremamente triste com a situação, mas, por outro lado, feliz pela atitude do meu filho em não se juntar aos outros meninos. Mas fica a reflexão: nenhuma criança nasce preconceituosa e muito menos agressiva, ou seja, ela aprende isso de alguma forma e na maioria das vezes é em casa, com se na educação que os pais dão e principalmente no comportamento deles. Então, pensem bem no tipo de exemplo que vocês pais dão a seus filhos”, publicou Mateus Barboza, de 25 anos, pai da criança. A família mora em Marília, interior de São Paulo. 

Em entrevista, o pai contou que deixou o menino com os colegas e recebeu uma mensagem do filho dizendo que o melhor amigo estava sendo chamado de "gordo" e "preto". No diálogo, o menino explicou ao pai que tentou proteger o colega dos ataques e que tinha avisado a situação aos adultos. A mensagem terminou com o menino pedindo para que o pai fosse pegá-los na festa para irem embora.

 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber