Cotidiano

Saúde mental de policiais paranaenses será debatida em audiência pública na Alep

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Saúde mental de policiais paranaenses será debatida em audiência pública na Alep
Saúde mental de policiais paranaenses será debatida em audiência pública na Alep

Na manhã de terça-feira (26), às 9 horas, o Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná recebe a audiência pública “Saúde mental dos servidores da segurança pública”, evento promovido pelo deputado Goura (PDT) que reunirá servidores ligados à área e especialistas em saúde para analisar as causas dos altos índices de suicídio entre policiais no estado.

continua após publicidade

O deputado Delegado Recalcatti (PSD) e o deputado Soldado Fruet (PROS) também assinaram o requerimento para o encontro, que pretende obter subsídio para a formulação de políticas públicas sobre o tema.

“Além do risco inerente à profissão, os agentes da segurança lidam diretamente com o estresse, más condições de trabalho, cortes de direitos, falta de reajuste salarial, de efetivo nas ruas e regulamentação da carga horária, problemas que estão trazendo consequências graves à atividade policial e à população”, afirma Goura.

continua após publicidade

Em 2018, no Paraná, foi o ano de maior número de policiais que cometeram suicídio em relação àqueles que morreram em situações de confronto. Onze agentes tiraram as próprias vidas, segundo o 13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Participantes – Vão palestrar na audiência pública: o comandante da Policia Militar do Paraná (PM/PR), coronel Péricles de Matos; o delegado Orlando Zaccone; a major Cristina Muzeka, ex-diretora de Saúde e chefe do Centro Terapêutico da PMPR; o aspirante a oficial da PM, Martel Alexandre; a agente penitenciária, Petruska Sviercoski; o advogado Marcelo Jugend; e o professor de meditação transcendental, Gustavo Frederico Cerna Herrera.