Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Dois deputados do Paraná devem ir para novo partido de Bolsonaro; saiba quem são

.

Dois deputados federais do Paraná devem deixar o PSL após o anúncio da saída do presidente Jair Bolsonaro do partido. Aline Sleutjes e Filipe Barros são os mais cotados para sair da legenda. Já o deputado Felipe Francischini deve ficar no PSL. As informações são do jornal O Globo.

A decisão do presidente de criar um novo partido, chamado de Aliança pelo Brasil, deverá rachar a bancada do partido na Câmara. Uma projeção aponta que 25 dos 53 deputados federais da sigla devem acompanhar o presidente para fundar a Aliança pelo Brasil. Outros 27 indicam que vão permanecer nos quadros da legenda, enquanto dois ainda não decidiram qual rumo vão tomar.

Se a criação do partido de Bolsonaro for adiante, a tendência é que as forças de centro se fortaleçam ainda mais no Congresso. A possível migração vai alterar a dinâmica da negociação política. O PSL, segundo maior partido da Câmara, passaria a ser a nona maior bancada, caso os deputados hoje indecisos decidam continuar no partido, enquanto a Aliança pelo Brasil ficaria com a 12ª posição.

O PL, integrante do centrão, que reúne ainda PP, DEM, Republicanos, PTB, PSD e Solidariedade, seria alçado à segunda bancada, atrás do PT. O bloco informal soma mais de 250 votos na Casa. Com informações do jornal O Globo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber