Mais lidas
Ver todos

    Cotidiano

    Porta-voz do MBL-BH é preso suspeito de agredir cozinheira e chamá-la de 'crioula'

    Foto por
    Escrito por da redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O administrador Thiago Dayrell, de 24 anos, porta-voz do Movimento Brasil Livre (MBL) foi autuado em flagrante pelos crimes de injúria racial e vias de fato suspeito de chutar e chamar de "crioula" a cozinheira Eliana da Silva, de 43 anos.

    De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), o caso de injúria racial e agressão teria ocorrido por volta das 23h44 do sábado (9) no restaurante Takos Mexican Bar, na Savassi, Região Centro-sul de Belo Horizonte. 

    Os policiais foram acionados pelo gerente do estabelecimento depois que Thiago teria agredido a cozinheira. Segundo a versão de testemunhas, Thiago chegou ao bar "gritando", quando foi abordado pelo gerente, que pediu para que ele baixasse o tom de voz. O gerente contou à polícia que o jovem jogou o cartão de crédito na operadora de caixa e disse "cobra essa porra logo". Nesse momento, Eliane teria tentado apaziguar a situação, pedindo calma. Foi quando Thiago teria dito "não coloca a mão em mim sua crioula". 

     De acordo com a ocorrência, Thiago chamou o gerente para a briga e teria tentado agredi-lo. Diante da confusão, Eliana tentou separar os dois. Neste momento, ela teria sido agarrado pelo pescoço por Thiago, que a chutou na coxa direita. Foi necessária a interferência de populares para apartar a briga. Thiago estava no bar com a namorada de 22 anos. 

     O suspeito foi levado para a Central de Flagrantes 2 (Ceflan 2), onde foi autuado em flagrante pelos crimes de injúria racial e vias de fato, conforme informou a assessoria de imprensa da Polícia Civil de Minas Gerais. Thiago pagou fiança no valor de R$ 1 mil e foi liberado.  No domingo, foi registrado outro caso de injúria racial, quando torcedor do Clube Atlético Mineiro cuspiu no segurança Fábio Coutinho e disse "olha sua cor". Segurança chorou ao lembrar a injúria racial.  


    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Idoso de 105 anos se recupera da Covid-19 em Arapongas

    Deixe seu comentário sobre: "Porta-voz do MBL-BH é preso suspeito de agredir cozinheira e chamá-la de 'crioula'"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.