Cotidiano

Saúde garante mais de R$ 500 mil para consórcio de saúde de Guarapuava

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Saúde garante mais de R$ 500 mil para consórcio de saúde de Guarapuava
Saúde garante mais de R$ 500 mil para consórcio de saúde de Guarapuava

O governo vai garantir mais de R$ 500 mil para o Consórcio Intermunicipal de Saúde da 5ª Regional (CIS). O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, esteve nesta segunda-feira (11) em Guarapuava para oficializar a nova participação em recursos, agora não mais como integrante do consórcio.

continua após publicidade

A reunião com prefeitos da região aconteceu no Centro de Especialidades do Paraná, e a nova configuração vai permitir que 20 municípios possam, de forma conjugada, oferecer ainda mais atendimento de saúde para a população.

“Foi uma reunião importante, porque também pudemos formalizar o novo modelo de participação. Vamos colocar mais de R$ 500 mil aqui no consórcio, ampliando atendimentos e fazendo efetivamente rodar a estrutura do Centro de Especialidades, que é uma obra do Estado. Acredito que temos uma pactuação capaz de, neste primeiro momento, ampliar a oferta de serviços de saúde”, disse o secretário.

continua após publicidade

Para o presidente do CIS, e também prefeito de Guarapuava, César Silvestri Filho, com a participação do Estado no aporte financeiro será possível aumentar o número de consultas principalmente pela capacidade de gerenciamento financeiro de maneira compartilhada, o que assegura mais procedimentos para a população.

“Houve sensibilidade do Estado e conseguimos chegar num modelo que pode atender a demanda de todos os municípios e também garantir alívio financeiro. Tenho certeza que vamos aumentar o número de procedimentos e faremos o melhor consórcio do Paraná”.

Saúde garante mais de R$ 500 mil para consórcio de saúde de Guarapuava fonte: Reprodução

O prefeito de Laranjeiras do Sul, Berto Silva, ressaltou o interesse do governo que achar uma solução para o impasse. “Vivíamos aqui uma condição de incerteza. Agora, com a sensibilidade do secretário Beto Preto, e do governador Ratinho, conseguimos chegar num entendimento. Isso será traduzido em melhores serviços. Temos que agradecer”.

continua após publicidade

Um dos novos pleitos por parte do consórcio será uma base de atendimento aérea para o transporte de pacientes. O secretário estadual de Saúde informou que a partir da formalização do consórcio é possível avaliar a viabilidade de implantação. “Estamos olhando a saúde pela lógica da regionalização. Este é o nosso ponto de ação, inclusive por determinação do governador. Tudo aquilo que foi possível, dentro da legalidade e da nossa capacidade orçamentária e financeira, vamos fazer para ofertar um atendimento de saúde mais perto da casa das pessoas”.

O diálogo com os prefeitos foi elogiado pela vice-prefeita de Cantagalo, Neuza Grein Ruginski. Ela parabenizou a posição do Estado em conhecer de perto a realidade dos municípios. “Muito importante a vinda do secretário, porque é somente assim para conhecer a realidade, nossos problemas, demandas e auxiliar nas soluções. Somente assim é possível entender o que cada município passa”.

Tags relacionadas: #Beto Preto #Guarapuava #SAÚDE