Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Cotidiano

Paranacidade orienta prefeitos sobre projetos dos municípios

.

Reunião da Amuvi realizada em Faxinal
Reunião da Amuvi realizada em Faxinal

O superintendente executivo do Serviço Social Autônomo-Paranacidade, Álvaro José Cabrini Junior, e o coordenador do escritório regional de Londrina, André Cotrin Abdo, participaram da reunião da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi), realizada nesta quinta-feira (10) em Faxinal. A convite do presidente da associação, prefeito Ylson Álvaro Cantagallo (MDB), de Faxinal, eles fizeram uma explanação sobre projetos disponíveis pelo Serviço Autônomo aos municípios e a forma como as propostas das prefeituras devem ser encaminhadas para aprovação.
Álvaro Cabrini, responsável pela explanação geral dos assuntos, orientou os prefeitos em diversos temas de interesse dos municípios, como iluminação pública, implantação de sistema de energia sustentável nos prédios públicos, implantação do programa Cidades Inteligentes, pavimentação urbana e sobre o Portal dos Municípios, uma nova ferramenta eletrônica através da qual prefeituras podem encaminhar seus projetos sem necessidade de os prefeitos ou os técnicos terem que entregar pessoalmente no Paranacidade.

Álvaro Cabrini fez um alerta aos prefeitos, por exemplo, sobre os cuidados que devem ter quando da troca da iluminação pública. Segundo ele, “há muitos picaretas dando sugestões na troca da iluminação pública que tecnicamente não são adequadas”. Ele observou que a substituição das lâmpadas de vapor a sódio pelas de led, por exemplo, não pode ser feita com a reutilização do mesmo soquete. As lâmpadas de led, conforme assinala, não podem ser colocadas no mesmo soquete, porque vão esquentar e trazer prejuízo à Prefeitura.
Quanto à pavimentação urbana, Cabrini sugeriu que as prefeituras façam com material de concreto, que tem um custo menor em torno de até 30% e duração maior, em relação ao CBOQ. Ele citou como exemplo uma avenida de Paranavaí, que foi toda pavimentada à base de concreto em 1965 e até hoje o pavimento está em boas condições.
Quanto à produção de energia sustentável nos prédios públicos, Cabrini sugeriu que as prefeituras utilizem painéis fotovoltaicos, que podem reduzir pela metade o consumo de energia elétrica. O Paranacidades tem uma linha de financiamento disponível aos municípios para implantação do sistema.
AÇÕES
Na reunião, o presidente da Amuvi, prefeito Gallo, fez um pequeno relato das ações administrativas da associação que vêm sendo executadas pela gestão atual. Entre essas citou a aquisição de uma máquina para pintura de ruas, outra para fabricação de galerias pluviais e meio-fio. Agora, ele propondo a aquisição de um castramóvel para atender a todas as 26 cidades da Amuvi no trabalho de impedir o aumento do número de cães de ruas.
No aspecto das finanças, Gallo garantiu que está administrando a Amuvi com a maior transparência possível e com o objetivo de atender às necessidades das prefeituras. “A Amuvi pode ser considerada fraca, mas nós estamos investindo nos municípios”, afirmou. Segundo ele, a associação tem hoje um saldo em caixa de aproximadamente R$ 300 mil.

 

 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber