Mais lidas
Ver todos

    Cotidiano

    Deputado Arilson Chiorato cobra implementação do idioma Espanhol nos colégios estaduais

    Foto por
    Escrito por DA REDAÇÃO
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    Após se reunir com a Associação dos Professores de Espanhol do Estado do Paraná (APEE-PR), o deputado Arilson Chiorato (PT) entrou com um pedido de informações à Secretaria de Educação do Paraná (SEED-PR) sobre a implementação da Disciplina Curricular de LEM-Espanhol na Matriz Curricular da Rede Pública Estadual de Educação Básica do Paraná.

    O ensino da língua espanhola nas escolas estaduais do Paraná é amparado por duas leis estaduais, a Lei 11.574/1996, de 05 de novembro de 1996, e a Lei 13.155/2001, de 23 de Maio de 2001.

    Para Arilson, é muito importante a implementação definitiva do idioma na grade da rede estadual “O Brasil é o maior país da América Latina, sendo que a maior parte desses países tem o Espanhol como idioma. Acredito que o ensino do Espanhol como segunda língua pode contribuir muito para o desenvolvimento e para o intercâmbio com os demais países do continente”, frisa.

    Ainda, segundo Chiorato, o pedido de informações se refere às duas leis estaduais citadas no início da reportagem, que tratam do ensino da língua nos anos finais do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação Profissional/Técnica “Atualmente apenas o Inglês é a língua estrangeira inserida na grade. Mas tendo em vista nossas fronteiras e nossa boa relação com o Mercosul, por que não ensinar o espanhol também?”, questiona o deputado.

    Leia o requerimento na íntegra clicando AQUI.

    Da Assessoria de Comunicação

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Jornal da Tribuna 2ª Edição - 01/07

    Deixe seu comentário sobre: "Deputado Arilson Chiorato cobra implementação do idioma Espanhol nos colégios estaduais"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.