Paraná promove conscientização sobre prevenção da cegueira - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

    Cotidiano

    Paraná promove conscientização sobre prevenção da cegueira

    Teste do olhinho traz diagnostico precoce.
    Foto por
    Escrito por Da redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    A Secretaria de Estado da Saúde promoveu na segunda-feira (15) um evento de atualização para servidores de todas as suas regionais sobre prevenção da cegueira. Abril é considerado como o mês da conscientização da população sobre a prevenção das doenças que atingem a visão.

    Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima-se que 60% dos casos de cegueira são evitáveis. No Brasil, significa que hoje quase 700 mil brasileiros ainda poderiam enxerga. São doenças que na maioria das vezes caminham lentamente e por isso a importância da prevenção.

    “Precisamos falar sobre cuidados e prevenção e o Abril Marrom tem esse caráter”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto. Ele lembrou que a lei estadual que estabelece o Abril Marrom estimulou a discussão do tema e envolveu a Secretaria da Saúde e também os municípios. “Prevenir a cegueira é garantir qualidade de vida para a população. Nesta gestão, vamos trabalhar muito esses temas”, explicou.

    ENCONTRO - A lei que estabelece o Abril Marrom no Paraná é a número 19.097/2017. O evento desta segunda-feira, no auditório da Secretaria, foi transmitido por videoconferência para as 22 Regionais de Saúde e teve o objetivo de alertar e orientar os profissionais que atuam junto à rede. A Secretaria realiza o rastreamento e diagnóstico precoce de agravos que podem levar à cegueira com a garantia do Teste do Olhinho ainda nas maternidades.

    Trata-se de uma ferramenta que pode detectar qualquer alteração que cause obstrução no eixo visual, como catarata e glaucoma congênito, que identificados precocemente pode possibilitar tratamento e desenvolvimento normal da visão.

    “O alerta da Secretaria da Saúde é para que todos os profissionais fiquem atentos. No ano passado dos 106 mil bebês nascidos no Estado, 70 mil passaram pelo teste”, disse a superintendente de Atenção à Saúde, Maria Goretti David Lopes. “Mas isso significa que mais de 30 mil recém-nascidos não tiveram o exame. Não podemos repetir este índice, nosso objetivo é a detecção precoce em todos evitando a cegueira”, afirmou.

    TESTE - A palestra no encontro foi ministrada pela oftalmologista e docente da Universidade Federal do Paraná, Ana Tereza Moreira, que destacou detalhes sobre o Teste do Olhinho, que está regulamentado por lei no Paraná desde 2004. “É um exame simples, rápido e indolor e deve ser realizado pelo pediatra da instituição hospitalar ou maternidade logo após o nascimento do bebê. Caso seja detectada alguma alteração de reflexo na visão, o bebê deve ser encaminhado para oftalmologista e cirurgia”, informou.

    Segundo a médica, a cirurgia realizada até o terceiro mês e o acompanhamento oftalmológico durante a infância pode corrigir os problemas de visão. “É uma conduta de urgência que pode prevenir a cegueira e esta é a orientação mais importante para todos os profissionais envolvidos”, afirmou Ana Tereza.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Eu sou produtivo ou esforçado no trabalho?

    Deixe seu comentário sobre: "Paraná promove conscientização sobre prevenção da cegueira"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.