Cotidiano

Delegado eleito deputado faz esclarecimento sobre envolvimento do seu nome no caso do jogador Daniel

Da Redação ·
Delegado eleito deputado faz esclarecimento sobre envolvimento do seu nome no caso do jogador Daniel - Foto: Reprodução
Delegado eleito deputado faz esclarecimento sobre envolvimento do seu nome no caso do jogador Daniel - Foto: Reprodução

O deputado estadual eleito e delegado aposentado da Polícia Civil do Paraná Rubens Recalcatti concedeu entrevista e divulgou nota na tarde desta segunda-feira (19) para esclarecer matéria divulgada ontem pelo programa Fantástico, da Rede Globo, na qual há imagens em que ele aparece em uma festa da família Brites, presa após assassinato do jogador de futebol Daniel e amplamente reproduzida por outros órgãos de comunicação.

continua após publicidade

Recalcatti diz que seria meramente amizade política, sobre a relação com a família Brittes. O deputado aparece em fotos e vídeo de uuma festa com a família presa suspeita de envolvimento na morte do jogador Daniel. Em um vídeo, o deputado parabeniza Cristiana Brittes pelo aniversário.   

O Fantástico também deu detalhes sobre a investigação do Ministério Público do Paraná (MP-PR) que aponta que Edison Brittes pode fazer parte de uma organização criminosa.

continua após publicidade

Na reportagem, foi exibido um vídeo em que o Rubens Recalcatti – deputado estadual do Paraná e delegado aposentado – chama Cristiana de "amiga especial, amiga do peito". A gravação foi feita durante uma festa de aniversário de Cristiana.

Nesta segunda-feira (19), Recalcatti convocou uma coletiva de imprensa e divulgou nota sobre o assunto. Ele negou ser amigo da família Brittes.

O promotor do caso envolvendo o jogador Daniel, João Milton, afirmou que o deputado estadual Rubens Recalcatti "não entra em absolutamente nada nesse caso". "O fato de estar presente em uma festa da família, por si só, não é indício de participação criminosa", explica o promotor.

continua após publicidade

Leia a íntegra da nota divulgada pelo delegado Recalcati

Em face do envolvimento do meu nome em matéria veiculada neste domingo, 18, pelo programa Fantástico, da Rede Globo de Televisão, sob o título “Relações Perigosas de um Assassino Confesso” sobre o Caso Daniel, venho a público esclarecer:

1.                  A matéria é motivada pela intenção do Ministério Público do Estado do Paraná de abrir investigação sobre os bens de Edison Brittes, EM CUMPRIMENTO DE SUA FUNÇÃO CONSTITUCIONAL. São citados três objetos em posse do suspeito: um chip de celular de um criminoso morto; um veículo Veloster supostamente de um policial; e uma motocicleta de propriedade de um traficante.

continua após publicidade

2.                  Em momento algum, meu nome é relacionado na matéria com a posse desses três objetos pelo suspeito. Portanto, NADA TENHO A VER COM AS MOTIVAÇÕES DO MP DE ABRIR UM NOVO INQUÉRITO.

3.                  A citação de meu nome ocorre em função de um Boletim de Ocorrência de junho deste ano que registra a prisão do suspeito por posse de arma de fogo por policiais de trânsito. De acordo com o BO, o suspeito disse que tentaria falar comigo por ser deputado e delegado de polícia.

continua após publicidade

4.                  JAMAIS, PORÉM, RECEBI ESSA LIGAÇÃO E MUITO MENOS TRATEI COM A POLÍCIA SOBRE ESSA PRISÃO NA ÉPOCA.

5.                  A matéria apresenta um vídeo em que apareço cumprimentando a mulher do suspeito durante sua festa de aniversário de 2014. REPUDIO A TENTATIVA DE ME ENVOLVEREM COM O SUSPEITO, A SUA FAMÍLIA OU O CRIME COMETIDO, EM FUNÇÃO DE UM REGISTRO DE IMAGEM FEITO EM UMA ATIVIDADE SOCIAL, QUE ESTÁ DIVULGADA NA INTERNET HÁ QUASE QUATRO ANOS. Na ocasião, havia sido convidado para assistir a um dos jogos da Copa do Mundo de 2014 na casa dos pais da aniversariante.

6.                  Também circulam há algum tempo outras fotos em que apareço ao lado do suspeito, todas em atividades sociais e em locais diversos, com amigos em comum. Nenhuma foto, porém, foi tirada na casa do suspeito. COMO HOMEM PÚBLICO E PARLAMENTAR, JAMAIS ME RECUSEI A SER FOTOGRAFADO OU DAR UMA DECLARAÇÃO DE CARINHO A QUEM QUER QUE FOSSE. MINHA CARREIRA PROFISSIONAL SEMPRE SE PAUTOU NO BOM ATENDIMENTO DE TODOS OS QUE ME CERCAM OU DE MIM SE APROXIMAM.

continua após publicidade

7.                  Todos conhecem a minha reputação como policial e refuto essas ilações levadas ao ar sem uma devida e cabal comprovação do meu envolvimento com Edison Brittes ou com o Caso Daniel.

8.                  Coloco-me à inteira disposição da Justiça para quaisquer outros esclarecimentos e NÃO VOLTAREI A TRATAR DESTE ASSUNTO COM A IMPRENSA, UMA VEZ QUE ENTENDO TER SIDO INÓCUA A TENTATIVA DE REALIZAR UMA LIGAÇÃO DO MEU NOME COM AS ATIVIDADES CRIMINOSAS DE BRITTES OU A MORTE DO JOGADOR DANIEL.

9.                Por fim, reafirmo minha estrita defesa do cumprimento da Lei e que o senhor Edison Brittes responda e pague pelos seus atos criminosos perante a Justiça.

Era o que tinha a esclarecer.

DEPUTADO ESTADUAL DELEGADO RECALCATTI

Tags relacionadas: #Caso Daniel