Cotidiano

Bebê atacada dentro de apartamento por macaco é submetida a cirurgia plástica

Da Redação ·
Macaco bugio atacou criança dentro de apartamento em Araucária nesta quarta-feira (14). — Foto: Ed Dimas da Cunha/Acervo Pessoal
Macaco bugio atacou criança dentro de apartamento em Araucária nesta quarta-feira (14). — Foto: Ed Dimas da Cunha/Acervo Pessoal

A bebê, de um ano e nove meses, que foi atacada dentro de um aparatamento por um macaco bugio, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, passou por uma cirurgia plástica para reconstituir parte do couro cabeludo, confirmou o pai da criança, Fernando Henrique Balardim.

continua após publicidade

O ataque ocorreu na quarta-feira (14). De acordo com o pai da menininha, o animal invadiu a sala pela sacada do prédio enquanto a criança assistia à televisão e feriu a cabeça da menininha.

"Ele provocou dois ferimentos, um no topo da cabeça, expondo o crânio, e outro profundo na testa", detalhou Fernando.

continua após publicidade

A irmã da criança estava no local, e a mãe na cozinha quando o ataque aconteceu. O pai acrescenta que a filha está bem, mas ainda está sob cuidados médicos.

A bebê foi levada para o Hospital do Trabalhador, onde a mãe também está. A mulher teve um corte profundo no braço, mas passa bem.

Aparições frequentes
Moradores do prédio acrescentaram que há dois meses o macaco tem aparecido com frequência no residencial - que fica perto de uma área de mata.

continua após publicidade

"Procuramos os órgãos ambientais para saber quais as providências deveriam ser tomadas e nunca tivemos resposta. IAP (Instituto Ambiental do Paraná) e Força Verde não assumem qualquer responsabilidade", afirmou o síndico.

Palavra da Polícia Ambiental 
A Polícia Ambiental informou que prestou apoio à Secretaria de Meio Ambiente da prefeitura para localizar no macaco - mas não disse se foi localizado ou não.

A orientação para quem mora em locais próximos a alguma área de preservação ambiental ou bosques evitem o contato com animais silvestres.

As informações são da RPC/G1