Cotidiano

Itaipu Binacional abre teste seletivo para 23 vagas

Da Redação ·
Foto: Reprodução/Combo Iguassu/imagem ilustrativa
Foto: Reprodução/Combo Iguassu/imagem ilustrativa

A Itaipu Binacional abriu teste seletivo para de 23 vagas: 19 vagas de nível universitário, três de nível técnico e 1 de nível médio. Todas terão cadastro de reserva. Os salários-base variam de R$ 3.190,33 até R$ 8.109,00, com adicional regional de 13% para as vagas de Foz do Iguaçu. As provas acontecerão em 3 de fevereiro de 2019, em Foz do Iguaçu e Curitiba. O resultado final deve ser conhecido em 20 de março de 2019. Há cotas para pessoas com deficiência (PcD) e para pessoas negras.

continua após publicidade

As inscrições serão abertas em 26 de novembro e poderão ser feitas até de 2 de dezembro de 2018. Para o nível universitário foram abertas vagas para profissionais formados em Ciências Contábeis, Direito, Engenharia Elétrica (duas vagas, sendo uma para turno de revezamento); Engenharia Eletrônica, Elétrica, de Automação ou de Telecomunicações; Engenharia Civil; Secretariado Executivo; Biblioteconomia ou Gestão da Informação; Arquivologia ou Gestão da Informação; Medicina Veterinária; Engenharia Florestal; Zootecnia; Agronomia ou Engenharia Agronômica; Farmácia e Bioquímica; Pedagogia; Psicologia; Ciências Biológicas ou Ecologia; Geografia; e Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo (fotógrafo).

Em relação ao nível técnico, as vagas são para Técnico em Hidrologia; Técnico em Mecânica ou Eletromecânica e Técnico em Agropecuária, Agrícola, Florestal ou Ambiental. A vaga de nível médio é para o cargo de Almoxarife.

continua após publicidade

Renovação do quadro
Em 2006, a Itaipu implantou o processo seletivo para democratizar o ingresso à empresa. De lá para cá, este meio de contratação foi responsável por renovar 75% do quadro funcional da organização. O processo seletivo se assemelha ao concurso público, mas não recebe este termo devido à natureza jurídica peculiar da Itaipu, que não é uma estatal, mas uma binacional regida por um tratado internacional assinado por Brasil e Paraguai.

O último processo seletivo aconteceu em agosto de 2017, com a participação de 80% dos 11.456 inscritos no dia da prova. Na ocasião estavam em disputa 12 vagas em cargos com formação universitária, técnica e ensino médio, incluindo o preenchimento de cadastro reserva.