Cotidiano

Mãe, pai e filha devem prestar depoimento hoje sobre morte de jogador

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Mãe, pai e filha devem prestar depoimento hoje sobre morte de jogador
Mãe, pai e filha devem prestar depoimento hoje sobre morte de jogador

A família Brittes, deve prestar depoimento nesta segunda-feira (5) sobre a morte do jogador Daniel Corrêa Freitas,. Mãe, pai e filha estão presos temporariamente por suspeita de envolvimento no crime. Edison Brittes, de 38 anos, assumiu ter matado Daniel para proteger a esposa.

continua após publicidade

De acordo com a versão apresentada até o momento pelo réu confesso, o crime teria sido cometido sob forte emoção. Edison declara que teria flagrado Daniel tentando estuprar sua esposa.

O advogado da família do jogador, Nilton Ribeiro, nega a versão. Em mensagens enviadas via Whatsapp, Daniel confessa a um amigo que teria  tido relações sexuais com Cristiana Brittes, esposa de Edison. Ele chegou a mandar uma foto deitado ao lado da mulher que aparece desacordada.

continua após publicidade

O caso - O jogador de futebol Daniel Correa Freitas, de 24 anos, morto no  sábado (27), foi espancado em uma festa na casa do autor do crime  antes do assassinato e mandou várias mensagens pelo WhatsApp a um amigo, momentos antes de morrer. As mensagens foram trocadas por volta das 8 horas da manhã de sábado (27).

Nas primeiras mensagens, Daniel diz: “Estou nessa casa, entrosei na balada e vim. Posso dormir aqui, tem várias ‘mina’ espalhada”, disse o jogador. Logo depois, ele diz ao amigo que pretende ter relação sexual com a mãe da aniversariante, e conta para o amigo que “o pai está junto”.

Minutos depois, Daniel envia outra mensagem para o amigo, em que conta que teve a relação sexual e, inclusive, manda uma foto com a mulher dormindo ao lado dele na cama.O amigo o alerta que isso pode dar problema, mas Daniel brinca “Moleque [risos] o que aparecer amanhã é nóis”, brinca o jogador. Depois disso, Daniel não fala mais nada.

De acordo com uma testemunha, o atleta foi espancado pelo marido da mulher. O ex-jogador do Coritiba teve o pênis decepado e quase foi degolado. O corpo foi encontrado na zona rural de São José.