Cotidiano

Ilha japonesa desaparece de repente, e ninguém percebe

Da Redação ·
foto reproducao - Sputnik / Sergey Krasnou
foto reproducao - Sputnik / Sergey Krasnou

Conforme a edição britânica The Guardian, ao norte da ilha japonesa Hokkaido, perto do litoral das ilhas Curilas, teria desaparecido a pequena ilha Esanbe Hanakita Kojima, pertencente ao Japão.

continua após publicidade

Moradores de uma aldeia nas proximidades de Hokkaido, mais especificamente a 500 metros da ilha inabitada, nem perceberam o desaparecimento da ilha, mesmo tendo sido alertados sobre possível desaparecimento por Hiroshi Shimizu, um escritor que os visitou em setembro para reunir fotografias sobre ilhas "escondidas" japonesas, escreve a edição

Dados de 1987 relatam que a ilha estava a 1,4 m acima do nível do mar. Só em 2014, ela foi uma das 158 ilhas a serem "batizadas", ou seja, a ganharem nome das autoridades japonesas para demarcação de território.

continua após publicidade

Especialistas supõem que o território tenha sido engolido pela água devido a maremotos e à movimentação de quebra-gelos pela região.

O direito internacional define como ilha "uma área terrestre formada naturalmente e cercada por água, que permanece com território acima do nível do mar mesmo em maré alta".

A guarda costeira japonesa visitará a área para determinar o destino da ilha. Caso seja confirmado que a ilha de fato desapareceu, a zona econômica exclusiva japonesa perderá meio quilômetro.

fonte - Sputnik