Bebê indígena enterrada viva é resgatada por policiais  - TNOnline
Mais lidas

    Cotidiano

    Cotidiano

    Bebê indígena enterrada viva é resgatada por policiais 

    A recém-nascida resistiu quase 7h enterrada | Foto: CIA do 13º CR/ PM/MT
    Foto por Reprodução
    Escrito por REDAÇÃO
    Publicado em 06.06.2018, 19:57:00 Editado em 06.06.2018, 19:56:36
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Uma índia recém-nascida foi resgatada após ser enterrada viva pela família dela, nessa terça-feira (5), em Canarana, a 838 km de Cuiabá. A Polícia Militar informou ter recebido uma denúncia de que um bebê havia morrido logo após o parto e tinha sido enterrado no quintal de uma casa, sem passar pelo Instituto Médico Legal (IML), e chamou a Polícia Civil.

    A família disse à polícia que achou que a criança estivesse morta e que, por isso, a enterrou.

    O bebê, tido como morto, estava enterrado em uma cova de 50 centímetros de profundidade. A polícia descobriu que a recém-nascida estava viva no momento em que os policiais cavavam para retirar o corpo do local.

    Segundo a Polícia Civil, o bebê foi internado e o estado de saúde dele é considerado bom.

    A mãe do bebê tem 15 anos e deu à luz no banheiro de uma casa da família de indígenas, que vive na zona urbana de Canarana. O parto teria ocorrido ao meio-dia de terça-feira.

    Durante relato a Polícia, a jovem disse que começou a sentir as dores da contração do parto e foi até o banheiro da residência, onde a criança nasceu.

    Segundo ela, a bebê acabou caindo no chão e bateu a cabeça. Como não demonstrava sinais vitais, a família pensou que ela estivesse morta e então a enterraram. A jovem também foi encaminhada até o Hospital Municipal e depois seguiu até a delegacia, onde prestou depoimento com a avó da recém-nascida para à Polícia Civil.

    Fonte- agoramt.com.br

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Bebê indígena enterrada viva é resgatada por policiais "

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.