Facebook Img Logo
Mais lidas
Cotidiano

Mensagem sobre suicídio coletivo em escola deixa pais e secretaria em alerta

.

Foto: Sérgio Rodrigo/TN/Imagem ilustrativa
Foto: Sérgio Rodrigo/TN/Imagem ilustrativa

Uma mensagem divulgada em grupos de WhatsApp deixou os pais de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), apavorados e fez com que a Secretaria de Estado da Educação do Paraná (Seed) ficasse em estado de alerta. O conteúdo compartilhado em grupos dizia que adolescentes de diversos estavam se organizando para realizar um suicídio coletivo e que alguns até mesmo já haviam tentado. No entanto, conforme a prefeitura de Fazenda rio Grande, ainda não há nada de concreto em relação a essas denúncias.

A Seed inclusive divulgou nota na qual informa que está monitorando o caso desde a semana passada após ter recebido uma série de notícias e denúncias e que, por isso, tomou medidas para garantir a segurança dos estudantes. “O Batalhão de Patrulha Escolar [da Polícia Militar] foi acionado, a rede de proteção do município foi avisada e está fazendo trabalhos de sensibilização nas escolas”, explica a nota. 
Além disso, a pasta afirma ainda que as equipes pedagógicas dos colégios estão trabalhando diretamente com os estudantes e a comunidade escolar para sensibilizá-los e orientá-los sobre a gravidade desse tipo de ação.

Acompanhamento dos pais
A Seed recomenda ainda que os próprios pais participem desse acompanhamento. “Das denúncias recebidas, muitas diziam que os jovens que estariam combinando este ato, o fazem via redes sociais e aplicativos”, diz. “Por esta razão, é essencial que os pais monitorem que tipos de acessos seus filhos estão fazendo na internet, com quem estão se relacionando e como estão interagindo”.

Para ajudar nessa conscientização, a secretaria enviou uma circular para os pais para informa-los sobre a situação e as providências tomadas. Nesse documento, a pasta ressalta o papel fundamental da família na observação de mudanças de comportamento de seus filhos.

Baleia azul
O alerta em Fazenda Rio Grande surge um ano depois dos casos do jogo Baleia Azultambém tirarem o sono de pais e professores de Curitiba e região. Na época, notícias começaram a circular nas redes sociais de que jovens estavam participando de um jogo que os forçava a se machucarem e só terminava quando eles tiravam a própria vida.

Com informações da Gazeta do Povo


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber