Facebook Img Logo
Mais lidas
Cotidiano

Pequenos negócios paranaenses do setor do turismo se destacam  

.

Empresas de micro e pequeno porte que atuam nos segmentos de gastronomia, hospedagem, espaço para eventos, agências de turismo receptivo, transporte turístico, locação de automóveis e organização de eventos receberam o Selo de Qualidade no Turismo do Paraná. A chancela, que incentiva a melhoria da competitividade e reconhece empreendimentos que investiram em gestão e qualidade, foi entregue a 138 negócios de todo o Estado, no dia 27 de abril, durante o 24ª Salão Paranaense de Turismo, em Curitiba.  

Das 230 participantes no ciclo 2017/2018, 138 alcançaram bons índices e conquistaram o Selo. Mais de 80% das empresas são dos segmentos de gastronomia e meios de hospedagem. Na cerimônia, também foi entregue o troféu Selo de Qualidade no Turismo do Paraná às empresas com os melhores índices de cada segmento – nas categorias Bronze, Prata e Ouro.

O grande destaque da noite foi o Hotel Del Rey, de Foz do Iguaçu, que alcançou índice de 100%, ficando em primeiro lugar geral e sendo o melhor colocado entre os Meios de Hospedagem. Em segundo lugar na categoria, ficou o hotel Bourbon Londrina, e, em terceiro, o Hotel Planalto Ponta Grossa. Entre os empreendimentos premiados em Gastronomia de Relevância Turística estão os maringaenses Boteco do Neco (1º lugar), Della Re Buffet e Eventos (2º lugar) e AlBadore Ristorante e Pizzeria (3º lugar).

Na categoria Locadora de Veículos, a premiada foi a Coral Rent a Car, de Curitiba. Em Transportadora Turística, foram reconhecidos a Ingá Vans (1º lugar), a Grandtour (2º lugar) e a Valtur (3º lugar), todas de Maringá. Entre os Espaços de Eventos participantes, receberam o troféu o Empório Guimarães (1º lugar) e o buffet Duas Alices (2º lugar), ambos de Londrina; e o Encontro da Amazônia (3º lugar), de Curitiba. Na categoria Organizadoras de Eventos, os destaques foram Bússola Eventos (1º lugar), de Maringá, De Angeli Feiras & Eventos (2º lugar), de Foz do Iguaçu, e F&B Eventos (3º lugar), de Londrina.

O programa é desenvolvido pelo Sebrae/PR e Fecomércio PR, com a parceria da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Paraná (ABIH-PR), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Paraná (Abrasel-PR), Associação Brasileira de Agências de Viagens do Paraná (Abav-PR), Associação Brasileira de Empresas de Eventos do Paraná (ABEOC/PR), Paraná Conventions e Paraná Turismo.

Entre os critérios avaliados pelo programa estão excelência em gestão, processos essenciais de cada setor e qualidade no atendimento ao cliente. Além da ampliação de mercado, 97% das empresas participantes aderiram a ações de sustentabilidade e responsabilidade social. Das 138 empresas que receberão o Selo, 19 são dos Campos Gerais; 23 de Curitiba; 21 de Foz do Iguaçu; 17 do Litoral; 24 de Londrina; 33 de Maringá; e uma de União da Vitória.  

O diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta, destaca a importância da capacitação dos empreendedores de micro e pequenos negócios, que são os responsáveis pela geração de emprego e movimentação da economia, sobretudo em períodos de crise. “Mais de 90% das empresas que trabalham com turismo são micro e pequenas. O Selo é um programa que destaca negócios que se aprimoram para crescer, e vemos um ambiente de integração com empreendedores e entidades parceiras cooperando e inovando para agregar valor à cadeia turística do Paraná”, analisa.

Para Julio Cezar Agostini, diretor de Operações do Sebrae/PR, o sucesso da ação pode ser percebido pelo crescimento do programa, que chega ao seu terceiro ciclo, com mais do triplo de empresas certificadas. “Na primeira edição, 40 empresas de três segmentos receberam o Selo. Agora são 138, de seis segmentos. Esse empenho na melhoria da gestão dos empreendimentos se traduz em diversos benefícios coletivos, como a melhoria do ambiente de negócios, e individuais, como mais clientes, mais faturamento, e a possibilidade de reinvestir os lucros”, enumera.

Assessor da presidência da Fecomércio PR, Paikan Salomon de Mello e Silva, reforça que o grande objetivo do programa é a melhoria do desenvolvimento do Estado como um todo. “Sabemos o quão difícil é atingir os índices, o que torna esses 138 empresários objetos de desejo dos demais negócios que ainda virão. Com as melhorias implementadas, gera-se sustentabilidade aos negócios, aumento do faturamento, manutenção e geração de novos postos de trabalho e movimenta-se a economia local. Além do que, consolida-se a imagem de qualidade do nosso atendimento turístico perante o cenário nacional”, assegura.

Para o presidente da ABIH-PR, Orlando Kubo, mais importante do que a visibilidade trazida pelo Selo é o legado deixado pelo programa na gestão das empresas. “O Selo atesta o cumprimento de tarefas nas áreas financeira, administrativa, de marketing. É um ‘olhar para dentro’ do negócio, ‘afinar o violino’, que se reflete na música tocada depois, ou seja, no atendimento, na experiência que o cliente terá naquele estabelecimento”, defende.

O diretor executivo da Abrasel-PR, Luciano Bartolomeu, reforça o privilégio que é os pequenos negócios receberem um Selo que os diferencia perante a concorrência. “É uma chancela que precisa ser colocada em um local de destaque na empresa. O Sebrae/PR é destaque em nível de Brasil no quesito dar condições para que as micro e pequenas empresas sejam melhores”, pontua.

Presidente da Paraná Turismo, Jacob Gimenes reforça a importância da aliança com as entidades do setor e com o Sebrae, que torna o Estado referência no setor. “Temos essa missão de ser vanguarda, que é necessária para quem quer um futuro melhor. O Selo Qualidade no Turismo é um diferencial, um marco divisor. Para se estabelecer, é preciso ser o melhor; o turista não quer saber de meia qualidade.”

Atendimento ‘nota mil’

A qualidade do atendimento e o envolvimento da equipe são o grande diferencial que colocou o Hotel Del Rey, de Foz do Iguaçu, no topo do Selo, na opinião da gerente administrativa do empreendimento, Givanilde Schafer. “Foram seis meses de trabalho árduo, com o empenho de todos os colaboradores. Entre as principais mudanças que implantamos está a documentação dos processos, que não existiam no papel. Todo mês, temos treinamentos para a equipe de 36 colaboradores, na busca por manter um atendimento que eu brinco que não é nota dez, mas nota mil”, conta.

O Del Rey foi destaque ao lado de “gigantes” da hotelaria em todo o Brasil, pelo prêmio do site de viagens TripAdvisor, figurando na lista dos 25 melhores do Brasil para famílias - “Top 25 Hotels for Families – Brazil” em 2016 e segundo melhor de Foz do Iguaçu em 2017. “Somos muito elogiados pelos clientes. Acompanhamos diariamente esses canais online, e sempre falam do sorriso e simpatia do nosso time”, completa.


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber