Facebook Img Logo
Mais lidas
Cotidiano

Jogador do Paranavaí diz ser do PCC e ameaça árbitro durante partida 

.

Maurim (à direita), fez ameaça após marcação da penalidade. (Foto: Divulgação/ACP)
Maurim (à direita), fez ameaça após marcação da penalidade. (Foto: Divulgação/ACP)

O jogador Maurim Vieira Saltos, lateral-esquerdo do Paranavaí levantou uma grande polêmica durante partida disputada em casa contra o Independente Futebol São-Joseense, no último domingo (15). No entanto, a questão não se dá a respeito as sua desenvoltura dentro de campo, mas sim a uma ameaça que ele fez ao arbitro que apitava o jogo.

O assistente Alessandro Michel de Oliveira Domiciano marcou penalidade para o clube São-Joseense aos 48 minutos do 2º tempo causando a ira de Vieira. 

O atleta jurou o arbitro de morte e afirmou fazer parte de facção criminosa. O árbitro teria ouvido as seguintes palavras: “seu ladrão, safado, você vai ter que voltar esse pênalti, eu sou do PCC e vou colocar o revólver na sua boca e você vai sentir o gosto da bala”. Segundo Domiciano, o Vieira ainda teria prometido que o “pegaria lá fora”.

O arbitro afirma ainda que após o jogo o clube não efetuou seu pagamento. 



(Com informações - Massa News)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber