Facebook Img Logo
Mais lidas
Cotidiano

Casal se submete à “morte assistida” após 72 anos de casamento

.

Casal se submete à “morte assistida” após 72 anos de casamento - Foto: Reprodução - Globe and Mail
Casal se submete à “morte assistida” após 72 anos de casamento - Foto: Reprodução - Globe and Mail

Um casal do Canadá que e junto há 72 anos morreu um ao lado do outro, de mãos dadas, no último dia 27 de março, em Toronto, no Canadá. George e Shirley Brickenden, que tinham 95 e 94 anos respectivamente, foram submetidos à morte assistida, aprovada pelo governo federal do país em junho de 2016.

Os dois usaram a lei que permite esse tipo de procedimento para quem sofre “de uma condição grave e irremediável e cujas mortes eram razoavelmente previsíveis”. Para que isso seja consumado, o paciente precisa ser analisado por dois médicos.

Shirley tinha graves problemas cardíacos, que quase a mataram em 2016, além de artrite reumatóide. George teve a morte assistida recusada em um primeiro momento. Mas, quando seu quadro de saúde piorou, ele começou a desmaiar sem motivo e foi liberado para o procedimento.

Shanaaz Gokool, diretora-executiva da ONG Dying with Dignity (Morrer com Dignidade, em português), Shanaaz Gokool,  afirmou que esse foi o primeiro casal canadense a ser submetido  à morte assistida junto. “Foi a articulação final do amor que eles tiveram um pelo outro por quase 73 anos”, sublinhou.


Com informações do jornal Globe and Mail




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber